Feliz aniversário


CANTAR A LIBERDADE


«Trova do Vento que Passa»


Pergunto ao vento que passa
notícias do meu país
e o vento cala a desgraça
o vento nada me diz.

Pergunto aos rios que levam
tanto sonho à flor das águas
e os rios não me sossegam
levam sonhos deixam mágoas.

Levam sonhos deixam mágoas
ai rios do meu país
minha pátria à flor das águas
para onde vais? Ninguém diz.

Se o verde trevo desfolhas
pede notícias e diz
ao trevo de quatro folhas
que morro por meu país.

Pergunto à gente que passa
por que vai de olhos no chão.
Silêncio -- é tudo o que tem
quem vive na servidão.

Vi florir os verdes ramos
direitos e ao céu voltados.
E a quem gosta de ter amos
vi sempre os ombros curvados.

E o vento não me diz nada
ninguém diz nada de novo.
Vi minha pátria pregada
nos braços em cruz do povo.

Vi minha pátria na margem
dos rios que vão pró mar
como quem ama a viagem
mas tem sempre de ficar.

Vi navios a partir
(minha pátria à flor das águas)
vi minha pátria florir
(verdes folhas verdes mágoas).

Há quem te queira ignorada
e fale pátria em teu nome.
Eu vi-te crucificada
nos braços negros da fome.

E o vento não me diz nada
só o silêncio persiste.
Vi minha pátria parada
à beira de um rio triste.

Ninguém diz nada de novo
se notícias vou pedindo
nas mãos vazias do povo
vi minha pátria florindo.

E a noite cresce por dentro
dos homens do meu país.
Peço notícias ao vento
e o vento nada me diz.

Mas há sempre uma candeia
dentro da própria desgraça
há sempre alguém que semeia
canções no vento que passa.

Mesmo na noite mais triste
em tempo de servidão
há sempre alguém que resiste
há sempre alguém que diz não.

Manuel Alegre

Homenagem ao grande poeta, político e, sobretudo, ao combatente da liberdade.
Carlos Esperança

Comentários

Anónimo disse…
ok.
mas para PR não por favor.

este é como o Fausto: está em todas!! liberdade ao HOMEM
Anónimo disse…
C LE MENTE CACA ESTÁ CONTIGO

CACA:
CLUBE DE
AMIGOS DO
C LE MENTE
AUTARCA

O VERDADEIRO Nº 2 DO PS-CONTRA O Nº 2 DO PSD

A GUERRA ESTÁ EM ALTA NA BAIXA
Anónimo disse…
PONTE EUROPA já não me dá ponta!!!! vou bugiar para outras bandas
Subscrevo os parabéns. E espero poder votar nele para Presidente.
Anónimo disse…
Eis o Homem que poderá unir a esquerda e enxotar definitivamamnte a ideia da direita poder ir para Belem.

A Direita de Cvaco não é light nem chic: é pura e dura, é a manipulação da nossa história, é o branquemento do autoritarismo como rigor, da indiferença como disciplina, da troca das pessoas pelos numeros...
M_ALEGRE É UM CÃO COMO NÓS!
Anónimo disse…
MANEL AMIGO
O PS ESTÁ CONTIGO!
Sabes porque há tanta gente "nossa" a não te querer ?
É porque tu não lhes ligas nenhuma...e isso, lá no fundo...doí comó caraças!
Anónimo disse…
tem razão o último anónimo: nem sequer apareceu na tomada de posse do seu lugar na AM de Coimbra. Porquê? porque perdeu.
gosto dele como poeta e só como poeta. tê-lo conhecido em Dezembro de 2001 foi uma desilusão.
Anónimo disse…
O Alegre é GRANDE e a esquerda é MAIOR.

E no final é que se grita vitória.
Mais Cavaco não por favor. Foram 10 anos...
O que ficou?
Escandadalos e golpadas, já se esqueceram?

Relembrem, tirem dos arquivos os numeros do Indpendente do Paulinho "o moralista de então" Portas (agora a braços com outras preocupações ...)

Não é de Cavaco que Portugal necessita certamente. Já chega, não vamos branquear 10 anos de "NADA". Onde esteve então o "DESAFIO-Chave" que agora defende? De lérias e oportunismo está o pvo português cheio...
Anónimo disse…
Ao anónimo das 06.43 PM:

POIS É AMIGO. EU PREFIRO ALGUÉM QUE NÃO MOSTRA OS DENTES MAS ESTÁ QUANDO EU REALMENTE PRECISO QUE ALGUÉM QUE NÃO FAZ OUTRA COISA SENÃO MOSTRAR OS DENTES, MAS QUE POR TRÁS ATRAIÇOA E ESPETA A FACA, PERCEBE.
Anónimo disse…
não. não percebi!
Alegre agarra-se a um passado de luta para ser igualzinho aos que combateu: arrogância.
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse…
Squizo:
«Alegre agarra-se a um passado de luta para ser igualzinho aos que combateu: arrogância».

Não discuto se manuel Alegre é ou não arrogante. É uma apreciação subjectiva.

Quanto ao facto de ser «igualzinho aos que combateu...» é uma afirmação objectiva e uma calúnia abjecta.

Não haverá diferenças entre um combatente da liberdade e torcionários, assassinos e ditadores?

Mensagens populares deste blogue

Associação Ateísta Portuguesa (AAP) - RTP-1