Faleceu Alberto Vilaça

O advogado antifascista Alberto Vilaça, de 78 anos, um dos mais antigos membros do PCP de Coimbra, morreu hoje à tarde, nos Hospitais da Universidade de Coimbra, na sequência de problemas de saúde de que padecia desde o ano passado, disse à Lusa um amigo do falecido.
(...)
Autor de vários livros sobre Coimbra, onde nasceu, a sua história e a resistência à ditadura, Alberto Vilaça era militante do PCP desde 1949 e foi preso seis vezes pela PIDE, a polícia política de António Salazar.
Fonte: Público

Comentários

e-pá! disse…
"Aos felizmente ainda vivos e à memória dos muitíssimos mais que combateram pela Democracia, dedico este singelo contributo para o estudo de uma difícil e ominosa época que nos foi imposta, mas de estimulantes lutas, e para a conservação daquela mesma memória, a que têm inequívoco direito."

Alberto Vilaça in "Resistências Culturais e Políticas nos Primórdios do Salazarismo" - Dedicatória.
e-pá! disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse…
Entristece-me o facto de o senhor Alberto Vilaça, não ter em vida conseguido compreender o flagelo para a sociedade que foi o comunismo e o atraso e desrespeito pelos direitos fundamentais da pessoa que ainda provoca nalguns lugares do mundo.

De qualquer modo, os meus sinceros sentimentos à familia e amigos de Alberto Vilaça.
CM
Anónimo disse…
Este foi daqueles que sofreu na pele por ter lutado contra o regime do Estado Novo, não se aproveitou da política, como tantos outros pseudo democratas que há por aí.

Porque sou crente, paz à sua alma.

Mensagens populares deste blogue

Os incêndios e a chantagem ao Governo

O último pio das aves que já não levantam voo