8 de Maio de 1945


Faz hoje 68 anos que o exército nazi capitulou. Foi o dia da libertação, o fim do pesadelo europeu e mundial.

Numa altura em que o racismo, a xenofobia e o antissemitismo ameaçam recrudescer, os republicanos devem conjugar esforços para que o Holocausto se não repita, para que a democracia se aprofunde nos seus aspetos políticos, económicos e sociais e, enfim, para que o militarismo e os regimes totalitários sejam contidos.

Recordar o dia 8 de Maio é refletir sobre a violência do Estado, erradicar o antissemitismo e homenagear todas as vítimas que ao longo da história foram perseguidas por preconceitos religiosos, étnicos e culturais.

Comentários

José Auzendo disse…

Não podia estar mais de acordo. É oportuníssima a lembrança desta efeméride. Só acrescentava a homenagem também aos que ainda SÃO perseguidos pelas mesmas razões.
Nunca será demais celebrar esse histórico dia. E nos tempos que correm a celebração é mais do que nunca oportuna.
Manuel Galvão disse…
Foi a vitória do internacionalismo sobre o nacionalismo.

Mensagens populares deste blogue

Associação Ateísta Portuguesa (AAP) - RTP-1