O novo patriarca de Lisboa


O próximo patriarca de Lisboa aparece amanhã na capa da Visão com a sua última namorada antes de se dedicar aos negócios pios. A foto de dois jovens normais serve para humanizar este intelectual brilhante em cujo proselitismo a Igreja aposta muito.

Trata-se de um monárquico o que é coerente com a tradição da Igreja romana para quem o paradigma é o contubérnio entre o trono e o altar. Proibidos de partilharem a mesma cama, desde 1910, ficou-lhe na matriz genética a perversão que se nota em expressões como: Cristo-Rei, Rainha dos Céus, o trono de Deus, a coroa da Virgem e outras. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Associação Ateísta Portuguesa (AAP) - RTP-1