O untuoso invasor do Iraque anda por aí

Como não vejo TV, julguei que Saramago falava de Durão Barroso, com saia:

“8 de janeiro”

“Chegaram-me ecos do desastre que terá sido a participação de Zita Seabra no programa de Manuela Moura Guedes. Entristece-me verificar como afinal valia tão pouco, intelectual e eticamente falando, alguém a quem os acasos e as necessidades políticas colocaram em funções e confiaram missões de responsabilidade dentro e fora do Partido.

Que Zita Seabra se tenha desempenhado delas, nesse tempo com coragem e dignidade, não pode servir para disfarçar nem desculpar o seu comportamento actual. Zita Seabra é hoje o exemplo perfeito e acabado do videirinho, palavra suja que significa, segundo os dicionários e opinião de gente honrada, “aquele que para chegar aos fins não olha aos meios nem hesita em humilhar-se e cometer baixezas”. Oiço, leio e chego a uma conclusão: esta mulher vai acabar mal.”

In Cadernos de Lanzarote: Diário - II pg. 14 e 15 de José Saramago.

Comentários

e-pá! disse…
'Oiço, leio e chego a uma conclusão: esta mulher vai acabar mal'...

Zita Seabra, na última aparição pública, apresentou-se como a prestimosa editora da 'Biografia Autorizada de Passos Coelho'.
Arrisco um palpite: Vai acabar como revisora de provas do 'Povo Livre'...

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975