TGV e PSD


Já poucos se lembram da promessa de Durão Barroso, esse mesmo, o que viu as armas químicas de Saddam Hussein, a prometer que enquanto houvesse uma criança sem médico, não haveria TGV.

Depois, esquecido da promessa eleitoral, quando pensava na invasão do Iraque, assinou 5 (cinco)  contratos de linhas de TGV a que não faltou o do Porto para Tuy.

Dos TGV de Durão Barroso resta a versão da foto, lenta e melancólica, a ligar a Lousã a Coimbra.

Comentários

Salvo memória mais exacta, o Barroso, esse tal, fez essa promessa a propósito dum aeroporto.
Quanto a TGV´s, um dia encontrou-se com Aznar e tirou da cartola cinco ligações, nem mais.
Faro/Huelva; Porto/Vigo; Lisboa/Porto; Aveiro/V.Formoso; e a outra devia ser à casa da Mariquinhas!

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975