Parabéns, Sr. Presidente da A. R.


Pode espumar de raiva o dono da Gaivota Azul, babar-se pela comissura dos lábios o amigo de Dias Loureiro, digerir mal a azia o ex-acionista da S.L.N., ameaçar o país e atiçar o ódio entre os portugueses. Os deputados não se deixaram intimidar. Estiveram à altura do mandato que receberam.

Foi feita justiça a quem foi vítima do aproveitamento sórdido de um nebuloso escândalo sexual e que permitiu ao futuro paquete de Bush ser PM.

Ferro Rodrigues, alheio ao processo judicial, foi chamuscado graças à intriga da central de intoxicação que começou a formar-se.  Foi ressarcido.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975