quinta-feira, junho 21, 2007

Sócrates processa autor de blogue


Naturalmente que assiste ao primeiro-ministro o direito de responder pelas vias legais aos insultos de que é alvo.

A qualidade de primeiro-ministro não lhe retira direitos de que qualquer cidadão goza e, muito menos, o de recorrer ao poder judicial na defesa da honra e do bom-nome.

Acontece que não usa um poder discricionário nem manda a polícia buscá-lo a casa para o agredir na Rua António Maria Cardoso e enviá-lo, depois, para Caxias, sem culpa formada, como acontecia no tempo do fascismo, por intermédio da PIDE.

Mas penso que procedeu mal, por três razões:

1 – Dá relevo público a um obscuro personagem que apenas quer mostrar serviço ao partido;

2 – Permite à comunicação social que alimente um folhetim que transforma o agressor em vítima e só o prejudica a si;

3 – Como político calejado devia saber que os insultos e a difamação de detentores de altos cargos políticos são «ossos do ofício».
.
Adenda: Ao ler o Causa Nossa deparei-me com idêntica posição de Vital Moreira.

11 Comments:

At quinta jun 21, 04:56:00 da tarde, Blogger Manel said...

Cada cavadela cada minhoca.
O Zé deu mais um tiro no pé!

 
At quinta jun 21, 06:17:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O autor do blog colocava sempre no final dos seus posts a adenda de que J.S., a UnIndep etc. não eram nem são arguidos ou suspeitos, sendo que se deve considerar todos os menscionados como inocentes?????

Será esta a parte da calúnia?

el s

PS:
Primeiro foi o Charrua, agora o blogger, é pena ver o PS perseguir as pessoas por exercerem a sua liberdade de expressão.
Quantas vezes não terá o PM insultado Cavaco Silva qd este foi PM?

el s

 
At quinta jun 21, 07:06:00 da tarde, Anonymous dinis said...

O criminoso foi o autor do blogue. Concordo. Afinal de contas, qual a diferença entre comprar uma "Engenharia" ou um quilo de arroz? E qual o problema de mandar por fax, DO POVO, o trabalho...

 
At quinta jun 21, 08:54:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

A face democrática, foi-se...agora, espiar, bufar, processar, punir, é o que está a dar...como antes do 25 d'Abril.

Sócrates se fosse outro, não dava importância a este tipo de coisas mas, a consciência é atrevida e reage às "engenharias"...

 
At quinta jun 21, 09:35:00 da tarde, Blogger e-pá! said...

Em marcha um iníquo processo de "engenharia" judicial.
Depois disto, a controversa licenciatura, entrará em "segredo de justiça",... até às calendas gregas.
Será isso?

 
At sexta jun 22, 09:24:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Os comentários ao post só dão razão ao Carlos Esperança.
Aí está ele, o coitadinho injustiçado, o "lone ranger", qual justiceiro solitário anti-sistema, a lutar pela verdade e pela pureza, a ser "perseguido" poe esse "sistema".
Conseguiu o que queria: vitimizar-se, armar-se em Super-Homem sem capa. Conseguiu o protagonismo que queria, pois o homem deve ter um ego de se lhe tirar o chapéu.
Há chicos-espertos por todo o lado. Este foi um pouco mais longe.
Mas que queria ele?
Escreveu à vontade, disse o que lhe apetecia, provocou...
Agora vai responder. Ninguém o proibiu de escrever o que muito bem entendeu, não houve em tempo algum alguém que lhe "cortasse o pio". É assim na democracia.
Mas a democracia também significa responsabilidade.
Por outro lado, Sócrates deu um tiro no pé. Não abdicou dos seus direitos legítimos, mas deu um tiro no pé, ao conceder protagonismo a um anão ressabiado que quer aparecer, ser visto...

 
At sexta jun 22, 11:32:00 da manhã, Anonymous Fuiaobruxo said...

Anónimo Sex Jun 22, 09:24:00 AM
Escreveu à vontade, disse o que lhe apetecia, provocou...
Agora vai responder.

Caramba, que o caro anónimo está bem informado. O processo ainda mal começou e já sabe que ABC vai responder.
Já agora: que tal os números do Euromilhões para mais logo?

 
At sexta jun 22, 12:02:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

"Fuiaobruxo":

O que eu sei decorre do que li no blog do arguido, que não escreveu pouco.
Estão lá os desafios e as insinuações, à vista de quem quiser dar-se ao trabalho de ler.
Como referi, da liberdade de expressão tem de decorrer responsabilidade.
É verdade que, para um político, estas coisas deveriam ser "ossos do ofício" e julgo que Sócrates fez mal ao descer ao nível do "justiceiro solitário".
Populistas à busca de protagonismo e satisfação egocêntrica é que não faltam por aí.
Sempre foi assim, e sempre assim será, de Soares a Cavaco, passando por Guterres e Santana Lopes, todos eles foram alvo de coisas deste tipo. É normal, e a regra é não se ligar.
Mas Sócrates decidiu não prescindir dos seus direitos, e isso é lá com ele.
Eu, que não tenho cargo ou importância, não ficaria parado se alguém decidisse encetar uma batalha justiceira contra mim. Mas isto sou eu, e é cá comigo, que não sou importante.

 
At sexta jun 22, 02:34:00 da tarde, Anonymous Manuel Norberto Baptista Forte said...

Quando é que o Sr Sócrates responde perante as promessas incumpridas !?.

 
At sexta jun 22, 02:54:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Já agora no portal do governo o CV de Sócrates está muito maior do que era antes da polémica. Maior, mas não melhor, foi adendado o conjunto de cargos políticos e amiguistas que teve, ...
Continua a:
não mencionar a passagem pelo ISEC, pelo ISEL e a Univ. onde se licenciou.
Eu se fosse uma destas três instituições processava o PM, uma vez que ao omitir essa informação está a considerar que essas instituições não têm mérito, denegrindo a sua imagem.

Compare-se com outros ministros que mencionam as escolas em que se formaram/leccionaram.

el s

 
At sexta set 28, 10:01:00 da manhã, Blogger D. Frederico said...

"Coragem, princípios, visão, memória...
O que é que Angela Merkel tem que Cavaco Silva, José Sócrates e Luís Amado não têm?"

[Publicado por AG] [25.9.07]
http://causa-nossa.blogspot.com/2007/09/coragem-princpios.html

 

Enviar um comentário

<< Home