Câmaras estão falidas (2). Opinião de um leitor*


Não tendo especial admiração pela qualidade da gestão dos nossos responsáveis autárquicos, o que é certo é que precisamos ter algum cuidado com estas notícias que, por serem descontextualizadas, podem confundir as pessoas menos familiarizadas com estas questões da contabilidade pública e do POCAL.


Alguém me sabe responder o que é, em termos de contabilidade pública, uma Câmara falida?


Como as Câmaras não são empresas, os rácios financeiros aqui não têm a mesma eficácia informativa e mesmo, por vezes, podem induzir, os menos avisados, em erros de avaliação.


Este relatório diz-nos que uma das Câmaras que apresenta maiores problemas financeiros é a de Gondomar. Completamente falso. O rácio utilizado para esta conclusão é completamente desajustado da realidade autárquica. Só na Área Metropolitana do Porto, financeiramente em muito maior dificuldade que a Câmara de Gondomar, está a de Gaia, a de Valongo e mesmo a do Porto.

Haveria muito mais a dizer, mas por hoje fico-me por aqui.

Comentários

Tó Soares disse…
Então de vieira do minho não há um post?
Tambem era bom comentar a falencia deste desgoverno dito socialista.
Manuel Norberto Baptista Forte disse…
Foi notório ao longo do tempo a má gestão autárquica de mais 90% dos Autarcas. Porquê? Porque (sem estar a chamar ignorante aninguém) muitos nem sabiam o que era um orçamento, um Plano de Actividades, ou uma Revisão Orçamental; mas acederam por cega obediência, e ...foram para lá. Depois temos os "apanhados", aqueles que se deixaram apanhar pelo lobbie da construção civil, e com tudo o que "gira" à volta deste dueto, construíram algumas sólidas vidas. Por último, os verdadeiramente inaptos, que embora com alguns estudos desbarataram dinheiro em obras puramente megalómanas, sem enqyadramento paisagístico em detrimento da conservação do edificado histórica, e da não divulgação do mesmo; não esqueçamos a quase "monarquia" que reina no Poder Local em que àquele tem de suceder aquele . . . porque é do memso Partido, ainda que possa não o melhor.
Enfim, uma série de factos que em paralelo com os muitos milhões que cá entraram, dera, azo a esta triste situação.
Ah, quando disse no inicio Autarcas, referia-me à composição das Listas para as Assembleias Municipais, Executivos Camarários; Assembleias de Freguesia, e Executivos de Freguesia.
Algo em sitios não esperados está a mudar; muito, mas mesmo muito há ainda para fazer para o equilibrio.

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A desmemória e a dissimulação

Miranda do Corvo, 11 de setembro