Joe Berardo - patriota e filantropo

Não me perguntem porquê. Não saberia responder por que motivo desconfio de certas pessoas, o que me leva a associar as falhas da gramática às do carácter, a confundir um benemérito com um impostor ou um filantropo com um oportunista.

Acontece-me com o Sr. comendador Joe Berardo. Teve a modéstia de dar o seu nome a uma colecção de arte e eu vi no gesto um acto de narcisismo, como julguei oportunismo a humildade com que recebeu uma comenda e passou a usar o título.

A negociação generosa da Fundação Berardo com o Estado português pareceu-me uma sequência de jogadas, onde só havia são patriotismo, e, nas pressões sobre a ministra da cultura, ajudado pela comunicação social, eu vi actos de chantagem onde apenas havia a defesa do património nacional e o desapego aos bens materiais.

É por isso que a sua diversificação de negócios através do novo aeroporto de Lisboa e da compra de um clube desportivo, sendo opções do domínio dos afectos, me parecem negociatas para vender a areia que lhe sobrou das minas de ouro da África do Sul.

Comentários

e-pá! disse…
Porque será que Joe Berardo se veste de negro?

Gostará de pompas funebres?

L Filipe Vieira que se cuide!
Anónimo disse…
Cuidado Esperança... Cuidado com o que diz do Berardo... Olhe que essas noticias podem chegar aos ouvidos do Sócrates... cuidado...
Anónimo disse…
Eu confesso que ficava à rasca, se não tivesse outro sítio para comprar um carro usado.
Manuel Norberto Baptista Forte disse…
Poderá sê-lo, mas deste pessoal que repentinamente nos ultimos cinco ou seis anos têm surgido como "beneméritos" a pergunta poderá ser sempre a mesma: porque sómente agora e da forma basta que pretendem fazer?.
Anónimo disse…
Cuidadinho, que o Sócrates não gosta que falem mal dos 'beneméritos' da situação...
Mano 69 disse…
Eu acho graça a estes beneméritos que só procuram os méritos!
De repente aparece em bicos de pés em tudo o que é sítio.
Quer criar bancos, comprar jogadores e sei lá que mais.
Uma coisa é certa. Ele nunca sai a perder. Este show off todo é um isco para ver se consegue mais alguma negociata.
No fundo não passa de um vígaro, curiosamente a atravessar uma fase de branqueamento. Serão os seus assessores que o estão a aconselhar?

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975