Estratégias de coping...

A esmagadoura maioria dos bancos da UE [só 7 em 91 foram "reprovados"] passou no test do stress, uma prova de resistência a um cenário de forte degradação da situação macroeconómica e choque no mercado de dívida pública.

Sabemos que o stress das pessoas é diferente do stress das instituições. Assim, nós [os portugueses e as portuguesas] continuaremos a reagir mal às exigâncias do momento. Isto é, para os mais desfavorecidos - o mesmo é dizer para muitos dos cidadãos - o stress continuará presente ou vai agravar-se [ver taxas de incumprimento].

E, apesar da euforia no mundo financeiro europeu e dos sustentados lucros dos bancos, os spreads continuarão a subir...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Goldman Sachs, política e terrorismo financeiro

Miranda do Corvo, 11 de setembro

Maria Luís e a falta de vergonha desta direita