Idiossincrasias britânicas

John Sewel, respeitado lorde inglês, conservador e devoto, teve de renunciar à Câmara dos Lordes. A droga e o sexo foram funestas para o, até aqui, impoluto e influente membro da anacrónica instituição que, por precaução, tem vindo a perder poderes.

Os tabloides, numa das imagens menos chocantes, mostram o político vestido de sutiã laranja. Até pode ter sido, nas loucas fantasias, numa homenagem ao PSD português!

Mais do que o adereço, humilhou-o a cor.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A desmemória e a dissimulação

Miranda do Corvo, 11 de setembro