Os fascistas andam aí...

Os fascistas andam aí e escrevem. Aliás, são os preferidos dos órgãos de comunicação social.

A prosa de um execrável fascista, em um único parágrafo, no dia em que o Prémio de Consagração de Carreira – momento alto das comemorações do Dia do Autor Português – , foi entregue ao escritor e político Manuel Alegre numa cerimónia presidida pelo PR.

Para o homúnculo, Manuel Alegre é «Uma nulidade reformada». Eis um parágrafo do repulsivo texto:

«Zeitgeist

Um ministro é acusado de fraude em redor de uma bolsa de estudo? Caso fosse de "direita", seria um trafulha sem princípios, alvo da fúria do Facebook e de rábulas de comediantes - demissão já! Como é de esquerda, foi obviamente vítima de uma conspiração sórdida e de péssimo jornalismo. Um autarca decide escorraçar munícipes e espatifar milhões de euros na construção de um templo religioso? Caso fosse de "direita", seria um inaceitável aviltamento do regime laico, uma prepotência atroz e uma despesa criminosa - demissão já! Como é de esquerda (e a religião é o islão), trata-se de um enorme passo ecuménico e um gesto de inegável coragem. Uma nulidade reformada põe um cidadão em tribunal e consegue uma condenação por delito de opinião? Caso fosse de "direita", seria um inimigo da liberdade de expressão e um rematado fascista - demissão já (ainda que o estatuto de reformado dificultasse a tarefa)! Como é de esquerda, é o proverbial filho da boa gente, que se sente tomado por justíssima indignação. Um primeiro-ministro ri-se imenso enquanto arrasta o país para o abismo e, mediante contas alucinadas, despesas típicas e fezadas primitivas, finge salvá-lo. Caso fosse de "direita", seria um cínico desavergonhado, um incompetente ao serviço de interesses obscuros, uma nódoa enfim - demissão já! Como é de esquerda, é exactamente o que se espera que a esquerda seja.»

Alberto Gonçalves, in Diário de Notícias, 22-05-2016

(alegado sociólogo, escreve todos os domingos)

Comentários

Jaime Santos disse…
Fascismo, Carlos? Não, é apenas azedume. A Direita adora dizer que a Esquerda se faz de vítima, mas olhe que eles quando se sentem escorraçados do Poder, fazem exatamente isso. E, claro ele é logo a Esquerda Estalinista a asfixiar a Democracia. A nossa Direita ainda quer fazer crer que luta pela Liberdade (algo que nunca fez, salvo raras e honrosas exceções), quando não luta por mais do que pela manutenção ou mesmo extensão dos seus privilégios de antanho...

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Macron e a ‘primeira-dama': uma ‘majestática’ deriva …