O embaixador Martins da Cruz

Contributo dos leitores para a biografia:

Blogger e-pá
CE:

AMC não será (ainda) um reformado da política, como está escrito no post.

No presente, vende as suas (nefastas) conceções políticas ao Governo de Angola, sendo um dos assessores presidenciais.
O 'caso Luaty Beirão' revelou, recentemente, o âmbito e o roteiro da seu trabalho de consultoria, quando tentou 'branquear', nos meios de comunicação social portugueses, o julgamento que foi encenado em Luanda, sem invocar o mais pequeno conflito de interesses (que estavam subjacentes às funções que está a desempenhar)...
                                                     
                                                           ***
Blogger amadeu moura disse...
O AMC tem um curriculum invejável!

Ao que foi mencionado, convém acrescentar que foi ele, na qualidade de embaixador em Madrid, que propôs à Presidencia da Republica, que fosse atribuída uma comenda ao português dono da Afinsa!

E como ele não queria que fosse o presidente (Jorge Sampaio) a condecorar o seu amigo, organizou a agenda de modo a que cerimonia tivesse lugar na embaixada portuguesa em Madrid. E assim foi ele, o Martins da 'Cunha', a pendurar o artefacto na lapela do amigalhaço.

Há ainda um outro ponto a sublinhar. Estando ainda ligado MNE, o AMC representava o conglomerado americano Carlyle, a famosa companhia do ex-embaixador americano em Lisboa, Carluci! Tutti bona gente...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975