LISBOA - Cultura

 O centenário do «Portugal Futurista»
Grémio Literário ( Rua Ivens, 37 – ao Chiado)( | 25 de Outubro (4ª feira) | 19h30
por: António Valdemar (Academia das
 Ciências)
O centenário da publicação do primeiro e único número, da revista Portugal Futurista, uma das referências obrigatórias do modernismo, e que em 1917, provocou grande escândalo e foi apreendido pela Policia, vai ser assinalado, no próximo dia 25, no Grémkio Literário, com uma conferência proferida por António Valdemar, que tem realizado, nos últimos anos, investigações em bibliotecas e em arquivos, a propósito dos vários aspectos daquele movimento literário e artistico.
Participaram no Portugal Futurista Almada Negreiros, Fernando Pessoa, Santa Rita Pintor,Carlos Filipe Portifirio, Rebelo Bettencourt, Amadeo de Sousa Cardoso, Raúl Leal, e, ainda, Guillaume Apolinaire, Blaisse Cendras através de Sonia e Robert Delaunay, ao tempo refugiados em Portugal, devido á eclosão da Iª Grande Guerra Mundial.
O Portugal Futurista incluiu, também, montagem de textos de de Boccionni, Carra, Russolo e Severini, e as traduções do manifesto futurista «Le Mussic-Haal», de Marinetti e o « Manifesto Futurista da Luxuria», de Valentine de Saint Point.

A conferência, no salão nobre daquela instituição, que terá inicio ás 19 e 30 horas, será acompanhada com a projecão de fotografias da época (pelo designer Álvaro Carrilho) de personalidades e acontecimentos culturais, políticos e sociais.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975