Apoio a Cavaco... com reservas

Esteve bem, o Sr. Presidente, ao apelar ao sentido patriótico numa época de crise.

Primeiro os nossos, depois os outros.

E se nós ficarmos por cá, compensamos os estrangeiros que, eventualmente não põem cá os pés.

Também não fazem grande falta, eles, com os seus costumes libertinos e libidinosos, que nada dizem ao Povo Português.

Embora não seja homem de cultura, nem candidato em quem eu vá votar, o Prof. Cavaco Silva tem o sentido pragmático do verdadeiro homem rural português.

Neste ponto, tenho de concordar com a sua lucidez.

Fosse sempre assim...

a) Pai de Família

Comentários

e-pá! disse…
"Primeiro os nossos, depois os outros..."

Se Angela Merkel agir deste modo é uma bastarda, não é?

Nós, por cá, podemos fazê-lo, "somos" uns patriotas...

As pessoas gozam da liberdade de ser nacionalistas ou integristas [como o "pai de familia"] mas chico-espertos, NÂO!

E a sugestão do PR - arvorado em lidimo defensor do turismo nacional - foi uma quixotesca boutade, sem a necessária ironia para ser tolerada.
O "reparo" do ministro Vieira da Silva foi oportuno.
Cavaco não gostou. O "pai de família" também não e quase se [re]concilia com o inquilino de Belém ... mesmo ressabiado com uma recente promulgação...

Les beaux esprits se rencontrent.... Toujours!

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime