Incompetência ou ódio?


Magistrado constituiu o primeiro-ministro como arguido sem dar conhecimento superior e arrisca, no mínimo, um processo disciplinar. Caso foi, agora, para o Supremo

Comentários

MFerrer disse…
Não pode ser 50% de cada?
Ou 90 de incompetência e o restante de ódio?
Faz lembrar a análise psicológica da marrada taurina.
Qual é a sua composição?
Quanto de ódio cego?
Quanto de instinto?
Só sei que conseguem o que querem: tornar notícia o que não é.

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?