A ‘ânsia de poder’ e a falta de memória – 4 de novembro de 1999



No Parlamento, em que o PS tinha 115 deputados, número igual ao de todos os partidos da oposição juntos, o PSD liderado por Durão Barroso decidiu apresentar uma moção de rejeição ao programa de governo de António Guterres, depois de o BE ter anunciado que o ia fazer. Era um direito de quem viria a ser um perverso invasor do Iraque.

Alguns dos desmemoriados que ulularam ontem estiveram nesse dia na AR.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

A desmemória e a dissimulação