Só agora?

O antigo administrador do Banco Português de Negócios (BPN) e ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais de Cavaco Silva, José Oliveira e Costa, foi constituído arguido esta quinta-feira no âmbito da Operação Furacão, segundo a edição online do semanário Sol.

Comentários

bravomike disse…
Uma prova da rapidez na tomada de decisão da nossa gente.
Deve ter sido por causa do correio.
Como estaremos, neste negócio, dentro de um ano?
BM
BM:

Dentro de um ano é demasiado cedo mas dentro de meia dúzia far-se-á justiça.

Os arguidos serão condenados a «pesadas» multas.
e-pá! disse…
CAVACOGATE?

Todos os dias conhecemos mais um pormenor ou, melhor, uma nova personalidade política ou partidária envolvida neste escabroso processo do BPN.

Qual o denominador comum?
Todos "serventuários" dos Governos de Cavaco Silva!

Cavaco Silva estará a leste deste escandâlo financeiro de gestão danosa, enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro, etc.
Mas, independentemente, do distanciamento de Cavaco Silva em relação a esta podridão, esta situação, não deixará de ser evocada como o Cavacogate deste regime.

Seguir-se-ão as necessárias ilações sobre a qualidade ética dos seus colaboradores (ministros, secretários de Estado, etc) no tempo em que, suportado pelo PSD, exerceu funções de 1º. Ministro.
Ilações que não poderão deixar de ser pouco abonatórias.
Francisco disse…
Como se sentirá o Professor Cavaco com o desempenho dos seus discípulos?
Tanto rigor, tanta seriedade, tanta "credibilidade", e agora isto?
e-pá! disse…
Caro Francisco:

Ocorre-me outra pergunta:

Como pode o Dr. Dias Loureiro continuar a exercer as altas funções de membro do Conselho de Estado?

Mensagens populares deste blogue

Goldman Sachs, política e terrorismo financeiro

Miranda do Corvo, 11 de setembro

Maria Luís e a falta de vergonha desta direita