Mediáticas e insondáveis alarvices...

E se todos nós, ilustres cidadãos, começássemos a falar de instituições bancárias, engenharias financeiras, sistemas de crédito, operações bolsistas, projectos de enriquecimento rápido, de Fundações de Arte, etc.?

Não apareceria alguém a mandar calar a turba?
Não nos puxavam pelas orelhas?
Não nos arrancavam a língua?
Não levávamos uma roda de ignorantes?

Então como é possível dizer tantos dislates em tão pouco espaço e merecer honras de publicitação? jornal de negocios

Irra! Já nos basta o Medina Carreira...

Comentários

aires disse…
medinas e muitos mais outros muitos alarves senhores da nossa praça,

da nossa famigerada direita

e dos arregimentados sem vergonha, muitos ex- "qualquer coisa", que lhes dá um crédito que nunca tiveram...

Mensagens populares deste blogue

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Nigéria – O Islão é pacífico…

A desmemória e a dissimulação