O inacreditável acontece….

Vítor Gaspar deu posse a uma comissão para estudar a ‘reforma do IRC’. link

Independentemente das questões à volta da personalidade que escolheu para presidir a comissão, relativas a iniludíveis conflitos de interesses, esse grupo de trabalho foi instado a produzir sugestões e propostas com rapidez de modo à pretendida reforma estar concluída em Outubro link e integrar o próximo OE.
Portanto, essa ‘reforma’ ainda na incubadora nasce com algumas turbulências mas formalmente datada.

O Ministro Álvaro Santos Pereira, aquele da Economia e uma data de coisas, em Novembro passado, desdobrou-se – perante a apatia da dupla Gaspar/Passos - em múltiplos contactos em Bruxelas a fim de obter a 'bênção europeia' para uma drástica redução do IRC que, numa primeira versão, beneficiaria empresas procedessem a avultados investimentos em Portugal. Não obteve ainda resposta.

Inopinadamente, com este processo ainda em curso, Vítor Gaspar, resolve intervir e dá posse à nova comissão, registe-se, na ausência do Ministro da Economia (que até agora vinha gerindo este dossier). A diligência do Álvaro parecia ter morrido às mãos de Gaspar.
Errado. Hoje, renasce das cinzas o Ministro Álvaro a ‘reclamar’ a mudança do IRC, ‘’! Mais, ganhando balanço, ‘manda à fava’ a referida comissão e a sua diferida proposta de reforma. link

Adenda: Embora não pareça este dois ministros [Álvaro Santos Pereira e Vítor Gaspar] integram o mesmo Governo, aquele que é superiormente dirigido por um cavalheiro de assina no facebook como 'o amigo Pedro'.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Associação Ateísta Portuguesa (AAP) - RTP-1