O MENTIROSO COMPULSIVO


     O ainda primeiro-ministro Passos Coellho, depois de, em dezembro de 2011, numa entrevista ao "Correio da Manhã", ter aconselhado os professores portugueses a emigrarem, facto que suscitou grande polémica, e depois de o equivalente Relvas, em janeiro de 2012, ter incitado à emigração de jovens portugueses bem preparados, disse ontem em Paris, com a mesma cara de pau que ostenta para se dar ares de "estadista", que "ninguém aconselhou os portugueses a emigrarem".

      É preciso não ter mesmo vergonha nenhuma!

Comentários

e-pá! disse…
É um 'chorrilho' de mentiras.
Ainda hoje, no debate parlamentar, a deputada Heloísa Apolónia (do PEV) teve oportunidade de desmascarar mais uma mentira de Passos Coelho quando, em anterior debate, foi confrontado em relação às suas previsões sobre uma 'retoma' em 2012...
Ficou incomodado? Não! Retorquiu atabalhoadamente que não era ‘bruxo’.
Além de mentiroso é desavergonhado. O que para um governante é uma acumulação intolerável.

Mensagens populares deste blogue

Associação Ateísta Portuguesa (AAP) - RTP-1