O regresso de Portugal aos mercados


À decisão do BCE, tomada há meses, de intervir no mercado da dívida e que logo fez baixar as taxas de juros, veio juntar-se, agora, a decisão do Euro-grupo, de  dar mais tempo a Portugal para pagar à Troika.

A auspiciosa oportunidade vai ser reclamada pelo Governo como mérito seu. Não interessa que o Governo de enfeite com os louros da conjuntura europeia. É uma boa notícia para Portugal. Há muito que não sucedia.

Comentários

Moedas Duarte disse…
Curiosamente a Standard & Poors continua a colocar Portugal no nível "lixo" - argumentando que o Tribunal Constitucional ainda pode interferir no O. Estado.
Chantagem declarada, há que derrubar o obstáculo ao PREC 24 de Abril que está em marcha desde que esta gente infame se esgueirou pela porta das eleições, aberta pelos incautos que nela votou!
Moedas Duarte disse…
...emendo: "incautos que nela votaram!"
Subscrevo o comentário, com aplauso, Joaquim Moedas Duarte.

Mensagens populares deste blogue

Associação Ateísta Portuguesa (AAP) - RTP-1