Momento de poesia


Dissertação sobre a solidão…




O mais difícil de imaginar

é cortar as amarras do navio

quando o cais está vazio

sem lenços brancos na hora da despedida

já só tenho as carícias do vento

e o balanço incerto das ondas

contra o casco

até tu faltaste neste momento

quando enfrento a largura deste mar de desassossego

mas sei que alguém me espera num outro porto

para me salvar.

Alexandre de Castro

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os incêndios e a chantagem ao Governo

Vasco Graça Moura