Coragem de repensar a Constituição

O nosso semi-presidencialismo confere relativamente poucos poderes ao Presidente. Em contrapartida, o seu mandato não é sindicável. Isto é, não é possível um processo de "impeachment" do Presidente, como nos Estados Unidos, ou no Brasil.

Lamento escrever isto. Mas o que se tem passado nos últimos meses leva-me a pensar que uma revisão constitucional deverá colocar essa possibilidade em cima da mesa.

A República, a sanidade da República, não pode ficar à mercê do desvario de uma pessoa que exerça o mandato de forma irresponsável.

Comentários

Anónimo disse…
Completamente de acordo!!!

hoje de manhã, enquanto me passeava pala feira do relogio,

pensava excatamente isto,

porque ao que oiço dizer,

a nossa Constituição não tem a figura do impeachment

única que resolvia a questão JÁ!

abraço
Mano 69 disse…
É comprar, é comprar!

Nada como passear por entre vendedores ambulantes de verbo fácil para ver a luz!
Manel disse…
Caro André,
Estou de acordo com o meu amigo.
Penso que já flámos sobre o assunto.

Mensagens populares deste blogue

Associação Ateísta Portuguesa (AAP) - RTP-1