A propaganda e os factos

Só a emigração – segundo o Diário Económico – explica dois terços da queda da taxa de desemprego.


Comentários

septuagenário disse…
A maior falta de emprego também é culpa do desaparecimento do patronato.

Também este emigrou!
e-pá! disse…
A queda do desemprego para além da emigração (diminuição da população activa) e dos precários 'minijobs' foi, no essencial, sustentada pelo sector dos serviços. O 'boom' das exportações descontado o sector petrolífero (e derivados) não passa de um embuste.
Não é, portanto, reflexo qualquer mudança económica 'estrutural' que continua a debater-se com elevados custos de contexto e falta de financiamento.
Será mais um 'fogacho' - desta maioria - que não tem pernas para andar (...até às eleições).
Significa, também, que fomos longe de mais. Batemos literalmente no fundo. Estes números não passam de um 'estretor' e, como se tem verificado com outros indicadores, assemelham-se mais ao 'canto do cisne' do que a qualquer 'inversão de tendências'.

Mensagens populares deste blogue

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Nigéria – O Islão é pacífico…

Macron e a ‘primeira-dama': uma ‘majestática’ deriva …