A Universidade de Coimbra e a laicidade


Um convite pio do Magnífico Reitor da Universidade de Coimbra

Quando tomei conhecimento deste convite julguei que o reitor era o pároco da Sé Velha e a Universidade uma madraça de qualquer monarquia teocrática.

Afinal, é um convite para a missa de hoje, na Universidade de um Estado laico, oriundo da mais alta figura institucional de uma escola secular.

Quando a Constituição e a República são assim agredidas, sem respeito pela separação do Estado e da Igreja, vemos a cidadania desprezada por quem julgávamos ser a reserva intelectual  da neutralidade religiosa e da ética republicana.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Macron e a ‘primeira-dama': uma ‘majestática’ deriva …