ASSOCIAÇÃO ATEÍSTA PORTUGUESA

Exmo. Senhor
Prof.  Dr. Manuel Heitor
Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior


C.C. Reitor da Universidade de Coimbra
                                                                                         

Senhor Ministro,

A Associação Ateísta Portuguesa (AAP), tomou conhecimento de um insólito convite que a Universidade de Coimbra endereçou aos corpos docente e discente para uma “Missa de Homenagem à Padroeira da Universidade, a Imaculada Conceição”, missa celebrada no dia 8 de dezembro, pelas 11H00, na Sé Nova.

A AAP, alheia a missas e à Imaculada Conceição, ficou estupefacta com o convite do Reitor e do Capelão, função esta que desconhecia numa Universidade do Estado, cuja laicidade data de 1910 e que a atual Constituição da República Portuguesa tornou irreversível.

Não surpreende que o Sr. Capelão, existindo, perfilhe o dogma da Imaculada Conceição que o papa Pio IX decidiu em 1854, o que surpreende é a inédita cumplicidade do Reitor de quem se espera a defesa da laicidade, uma conquista civilizacional e uma obrigação constitucional.

Por considerar que o Reitor da Universidade de Coimbra violou os deveres de isenção a que é obrigado em matéria religiosa e que, como Reitor, não pode assumir como seu o Deus do Sr. Capelão, vem protestar junto de V. Ex.ª contra a grave violação do espírito e da letra da Constituição da República Portuguesa.

A AAP, confiando na defesa da neutralidade do Estado em matéria religiosa, pelo Governo que V. Ex.ª integra, espera ser esclarecida sobre este lamentável incidente e sobre as medidas que a tutela pretende tomar para evitar futuros atropelos ao carácter laico das instituições do Estado.

Aguardando a resposta de V. Excelência,

Apresentamos-lhe os nossos melhores cumprimentos,


Odivelas, 9 de dezembro de 2015

a) A direção da AAP

Comentários

Ana Paula disse…
Ficamos à espera da resposta!
Ana Paula:

A AAP também espera. E publicá-la-á como é seu costume.
O meu muito obrigado, não podia estar mais de acordo...
Em defesa do Estado laico.

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975