Obituário

Umberto Eco
Morreu ontem, aos 84 anos, o escritor italiano, filósofo, romancista, ensaísta e um dos mais influentes pensadores europeus dos últimos cinquenta anos. Não lhe foi atribuído o Nobel, mas continuará a ser um dos mais estimulantes escritores mundiais.

Comentários

e-pá! disse…
Um grande homem!

Trouxe para o papel e para a vida tesouros (códices) que permaneceram - durante séculos - reconditamente escondidos e perdidos em velhos pergaminhos.
Soube interpretá-los e conferir-lhes livres, imaginativos e criativos contextos.

Contribui de modo importantíssimo para a democratização do saber e dos conhecimentos escritos que, desde os primórdios das (múltiplas) civilizações ficaram - até ao advento de Guttemberg - 'enquistados' e 'feitos reféns' em monásticos e fechados antros.

A sua relevante produção literária, o seu vasto magistério universitário, as suas interpretações e profundas noções semióticas e, finalmente, uma postura intelectual e cidadã límpida, são verdadeiramente notáveis.
Que excelente comentário!

Que belo post!

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido