Vandalismo - Coimbra, hoje, às 11H00

Muro da faculdade de Economia
Igreja dos Olivais

Comentários

e-pá! disse…
Não conheço a razão mas é notório que, nos tempos mais recentes, se verificou, em diversos muros, murais e paredes, um exponencial afloramento de 'pichagens' (fora do contexto da propaganda partidária).
Para além desta 'impressão quantitativa' o mais interessante seria analisar qualitativamente os contextos e conteúdos.
Todavia, essa tarefa é trabalho para sociólogos, publicistas, artistas plásticos, etc.

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975