A opinião

«Os portugueses precisam de esperança e não de medos. Cavaco gerou medos jogando na negação da política e nas inevitabilidades do neoliberalismo económico e financeiro. Marcelo, se for eleito, será o presidente das palmadinhas nas costas do povo, mas jamais o impulsionador da esperança.»

(Carvalho da Silva, investigador, professor universitário e ex-secretário da CGTP, em artigo no DN)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Nigéria – O Islão é pacífico…

A desmemória e a dissimulação