Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2007

Conselho Nacional do CDS-PP

Imagem
Os conselheiros nacionais Isabel Gonçalves e João Mota Campos entregaram à Mesa do Conselho Nacional do CDS-PP um recurso pelo facto de terem sido aprovadas as eleições directas para a escolha do líder do partido.

Comentários: 1 - O país está desinteressado do que se passa no CDS;
2 - A política discute-se nos partidos e não nos Tribunais.

Lei da despenalização do aborto

Movimentos do "não" ao aborto desejam que o Presidente da República vete a lei aprovada pelo Parlamento.

Comentário: Pretendem ganhar na secretaria o que perderam nas urnas. Talvez as chamadas telefónicas de valor acrescentado dessem um resultado mais de acordo com os seus desejos.

Paquistão – O Islão político e a liberdade

Imagem
Alunas de madrassa raptaram dona de bordel em Islamabad

Que as boas almas de Islamabad queiram fugir da prostituição é um direito, quiçá uma obrigação, que faz as delícias de Alá e o regozijo dos mullahs.

A origem da prostituição confunde-se com a história da própria humanidade e não deixa de ser humilhante, mas há infâmias maiores e crimes mais hediondos, a começar pelo rapto de pessoas e o exercício de cárcere privado.

O constrangimento social e o estímulo do clero levou as tresloucadas alunas de uma madrassa, em puro zelo beato, à prática de vários crimes: invasão de domicílio alheio, coacção e rapto da dona de um bordel e de duas familiares, apoiadas no Corão e no estímulo dos próceres islâmicos.

A prisão das devotas agressoras provocou manifestações de colegas, encorajadas pelo director da escola corânica, enquanto os vizinhos, com mais receio dos talibãs que de Maomé, ficaram «felizes e cantaram em glória de Alá».

O regresso do fundamentalismo, como sempre, não se limita a condiciona…

União Europeia e Irão

Imagem
A União Europeia exigiu, esta sexta-feira, que o Irão liberte imediatamente os marinheiros britânicos, cuja captura constitui «uma violação do direito internacional».
Comentários:1 - A exigência é legítima e razoável;
2 - A União Europeia não pode fazer exigências cujo cumprimento não seja capaz de fazer cumprir.

Uma imoralidade

Imagem
PT e EDP pagam milhões aos gestores que saem * Miguel Horta e Costa, Carlos Vasconcellos Cruz, Iriarte Esteves e Paulo Fernandes, ex-administradores executivos da Portugal Telecom, receberam 9,7 milhões de euros pela não renovação do mandato no ano passado.

Madeira - ilha sem lei e com dinheiro a mais

Imagem

Co-incineração - Polémica em «O DESPERTAR»

Imagem
TRÉPLICA: CARLOS ESPERANÇA (VERSUS) CASTANHEIRA BARROS

Uma questão de fé O Dr. Castanheira Barros em vez de contestar os fundamentos científicos que sustentam a co-incineração refugiou-se na crença inabalável de que é uma opção má. Tal como os crentes que, confrontados com a irracionalidade da fé, se limitam a dizer que é falso o Deus dos outros, assim procedeu o advogado.

Fugindo à questão principal, não refutou um único argumento, só fez insinuações para denegrir os membros da CCI e referência aos salários que auferiam pelas funções. De substantivo, disse nada.

Apenas referiu que descrê da CCI, não gosta de Guterres e odeia a co-incineração, pelas mesmas insondáveis razões com que Maomé embirrou com o toucinho –, zero como argumento intelectual e débil para quem tem pretensões políticas.

Não referiu as entidades a quem cabia designar os elementos da CCI:
a) Três pelo Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP);
b) Um pelo Ministro do Ambiente;
c) Um pela Câmara Municipal de Co…

Tribunal Constitucional sem Castanheira Barros

Imagem
O PS e o PSD ignoraram o apoio expresso por Alberto João Jardim!

A brandura dos nossos costumes...

Imagem
...ou o primarismo das nossas gentes.

O fascismo nunca existiu. Nasceu agora

Imagem
Cartaz nacionalista apela à expulsão de imigrantes

O racismo e a xenofobia num país de emigrantes.

A guerra esquecida

Imagem
Na Província do Niassa correu mansa a guerra nos anos de 1968 e 1969. Cerca de meia dúzia de mortos mensais e o dobro de estropiados era a sequência que avivava a mágoa quotidiana e aliviava a tensão nos dias seguintes.

No Batalhão de Caçadores n.º 1936 a morte consumia dois ou três camaradas por semestre, distribuídos pelas Companhias. Não era a morte que mais nos apoquentava. A saudade, o medo e a revolta faziam-nos descrer da bondade da civilização cristã e ocidental que o cardeal Cerejeira garantia em Portugal e o bispo Reis Rodrigues repetia em Moçambique, de batalhão em batalhão, fardado de brigadeiro.

No Catur o comandante era um militar experiente, com elevada noção de ética e coragem pouco comum. Seguia de jipe à frente das colunas com a mesma naturalidade com que me deu a ler o pedido da PIDE para me vigiar.

Os presos eram interrogados pelo major Artur Beirão que recordo a comunicar, meu Comandante, pelos meus métodos os presos não falam, e o Ten. Cor. Luís Vilela a retorquir-…

Nova crise na Universidade Independente

Imagem
Na Universidade Independente foi quebrado o acordo conseguido entre as diferentes facções dirigentes para assegurar o normal funcionamento das aulas.

O que se passa na Universidade Independente deixou de ser um mero caso de polícia e passou a ser um problema político. Estamos a assistir à reedição do caso Moderna, em que a montanha pariu um rato.

Valeu no caso Moderna o facto da gestão danosa da Amostra não ser crime público e de não haver queixa dos lesados – singular manifestação de desprezo pelo dinheiro –, que estavam em condições de ser ressarcidos. Os lugares públicos que os lesados vieram a ocupar podem ter justificado a ausência de litigância.

Os juízes que eram professores remunerados na Moderna, ao arrepio da lei, deram a sensação de que eram grandes os interesses e poderosos os interessados mas, salvo o devido respeito, as doutas sentenças não contemplaram numerosos ilícitos.

É com pasmo que se assiste à repetição do espectáculo de mau gosto, baixeza moral e destrambelhamento e…

A bem da transparência

Remunerações de administradores públicos devem ser divulgadas
As empresas públicas devem divulgar publicamente as remunerações dos membros da administração, refere a resolução do conselho de ministros sobre os princípios de bom governo das empresas do sector empresarial do Estado hoje publicada em Diário da República.

O que é privado é bom!!!

Imagem
Ponte Europa/Pitecos - Zédalmeida

PIDE devassou a vida de Torga

Imagem
Recomeça ...
Se puderes,
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
do futuro,
Dá-os em liberdade
Enquanto não alcances,
Não descanses. . De nenhum fruto queiras só metade.
Miguel Torga - Recomeçar O PROCESSO DA PIDE - Devassa à vida de um grande escritor e democrata Adenda: ARTIGO DO «PÚBLICO»

Uma questão de assepsia

Imagem
Maria José Nogueira Pinto anunciou que vai desfiliar-se do CDS-PP e consequentemente abrir mão das funções na Câmara Municipal de Lisboa. Vereação passa para Anacoreta Correia antes do final de Abril.

Comentários: Há gente com a qual nem Maria José Nogueira Pinto se sente confortável. O CDS/PP ficará um partido pior frequentado e com menos fotografias. [Depois de apearem Freitas do Amaral (2.ª vez); Lucas Pires; Manuel Monteiro e Ribeiro e Castro, resta Paulo Portas com o ex-ministro de Salazar, Adriano Moreira.

Manuel Monteiro saiu porque queria um partido ainda pior, ou outros saíram por decência.

Maria José Nogueira Pinto teve a decência de renunciar ao lugar de vereadora da CML, entregando o lugar ao partido de que saiu. Um gesto raro e honrado.

«Grandes Portugueses»

Imagem
Vi ontem na comunicação social que a deputada Odete Santos defendeu Álvaro Cunhal.

Um tiro no pé. Três boas razões para ter enjeitado semelhante tarefa:

1 - A sua defesa caucionou um concurso onde os nostálgicos concentraram telefonemas;

2 – Deixou colocar ao mesmo nível o carrasco e a vítima;

3 – Defendeu alguém que, para além da resistência heróica ao fascismo, pretendia um modelo de sociedade que não é seguramente a segunda opção dos portugueses e, muito menos, a primeira.

Haja Memória

Política e democracia

Imagem
Quando alguém diz que não é político, já se sabe que é, mas de direita. Um ministro da ditadura fascista disse num discurso de posse: «eu não sou político, mas Sua Excelência chamou-me e eu disse – presente». Um ministro apolítico é uma espécie de vegetariano que só come carne, mas no salazarismo era assim e denegria-se a política.

Sinto a mesma desconfiança em relação aos que acusam os políticos de corrupção, não porque a não haja mas porque a generalização revela torpeza e falta de siso, quando não esconde um ruído que abafa a pusilanimidade e esconjura a desonestidade própria.

A ausência de democracia, durante meio século, impediu o exercício da cidadania e a aprendizagem de cultura política. As vicissitudes partidárias, com apenas dois partidos a poderem aspirar ao poder, conduziram a uma descaracterização ideológica, ao fortalecimento de interesses comuns às respectivas clientelas e à partilha de sinecuras.

É injusto não reconhecer os esforços do actual Governo para limitar danos e…

«O melhor português de sempre»

Imagem
Uma sondagem da Marktest conclui que, tendo à escolha os 10 finalistas do programa da RTP, Salazar é o melhor para 11% dos inquiridos; AfonsoHenriques 23%; Camões 17%; Pessoa 11%; Pombal 10%; Aristides 8%; Cunhal 5%.

Comentário: O sindicato de voto telefónico aponta para a existência de uma rede fascista.

Óbito - João Soares Louro

Imagem
O antigo presidente da Rádio Televisão Portuguesa (RTP) João Soares Louro morreu hoje de manhã aos 74 anos, no hospital de Santa Maria, em Lisboa, vítima de doença prolongada. O funeral realiza-se esta terça-feira, às 16h00, do Mosteiro dos Jerónimos para o cemitério dos Olivais.
NOTA: Mais um grande democrata que parte, um cidadão íntegro e com notável sentido de serviço público. Dele se pode dizer que levou a democracia à televisão.

A morte saiu à rua...

Imagem
Ponte Europa/Pitecos - Zédalmeida

O último feche a porta

Imagem
Mais uma demissão no Conselho de Jurisdição do CDS/PP
Pedro Carvalho, vogal do Conselho Nacional de Jurisdição do CDS/PP, demitiu-se hoje do cargo por discordar da fundamentação do parecer emitido por aquele órgão relativamente ao requerimento apresentado pela distrital de Viseu.

Para memória futura...

Imagem
Do Minho às Berlengas os fascistas não mudam.

Amargura de um leitor anónimo

Imagem
A desilusão vai crescendo, o cansaço aumentando, a motivação já não é o que era.Falo de mim.Quase 33 anos depois da gloriosa Revolução dos Cravos, o país vai "vivendo habitualmente".

A memória não se respeita. A memória do sofrimento, das vidas destruídas, da tortura, do atentado à dignidade, da promoção da pobreza honrada e da ignorância feliz.
A violência, a prepotência, o mais elementar desrespeito pelo valor da dignidade humana, a promoção do atraso económico, social e mental.Tudo esquecido. Esfumou-se a memória. Parece que foi há tanto tempo, já não interessa... "não foi tão mau assim...".
"Um salazar em cada esquina" para pôr isto na ordem, para prender os drogados, os gangs de pretos, restaurar o poder da ICAR...Em cada "votante" em salazar há uma "alma de taxista".Pobre país...A culpa?É toda nossa!
Julgam que a culpa deste branqueamento é dos saudosistas e dos jovens manipulados?
Acordem! A culpa é nossa!
Deixámo-los crescer e multip…

Dezenas de Milhar de fascistas à nossa volta!

Os democratas e progressistas tiveram ontem uma noite de alguma amargura.
No concurso da RTP, Salazar foi o mais votado (41%). Em segundo lugar ficou Cunhal (19%).
Em terceiro, ficou um humanista, um homem vertical e íntegro, Sousa Mendes (13%), também do século XX.

Os nossos grandes e gloriosos homens históricos do início da nacionalidade, da expansão marítima ou o grande Marquês de Pombal ficaram para trás.

Dezenas de milhar de fascistas andam por aí.

Quem de nós não tem um amigo, um familiar, um conhecido ou um inimigo salazarista?

Eles não se organizam em Partido político por duas razões, uma procedimental e outra material.
A primeira porque não podem. É proibido! Segundo o n.º 4 do artigo 47 da Constituição: “Não são consentidas associações armadas nem de tipo militar, militarizadas ou paramilitares, nem organizações racistas ou que perfilhem a ideologia fascista.”
A segunda porque os partidos actuais albergam no seu seio muitos destes fascistas. O casal Nogueira Pinto teve a frontalidad…

Salazar ganhou.

Salazar obteve 40% dos votos no concurso/passatempo da RTP. Cunhal ficou lá perto.
Votaram cerca de 210.000 pessoas, rectius, telemóveis.

Ao contrário do que disseram alguns comentadores na televisão, penso que este voto não se reduz a um simples “voto de protesto”!
Foi, na sua maioria, um voto de convicção!
E temos que saber conviver com isto!

Isto significa que, em Portugal, em 2007, e seguindo a sagesse de Monsieur de La Palisse:
1) Há salazaristas;
2) Há dezenas de milhar de salazaristas;
3) Esses concidadãos puderam exprimir a sua opinião neste concurso…

A pergunta seguinte parece ser: e onde encontramos no espectro político-partidário actual estes cidadãos-eleitores?
Porque razão nenhum partido procura apropriar-se directamente deste património político e potencial eleitoral? Será a proibição, constante da Constituição da República de 1976, de apologia do fascismo e de constituição de partidos fascistas, que o justifica? Será legítimo manter esta proibição?
Ou, por outra, de…

Salazar foi um criminoso

Imagem
Todos éramos vigiados Haja Memória

Espaço dos leitores

Imagem

Bento XVI - Um discurso perigoso

Imagem
Bento XVI acusa União Europeia de renegar origens cristãs


Bento XVI aguardou o 50.º aniversário do Tratado de Roma para surpreender a Europa com um discurso agressivo e imiscuir-se nos assuntos internos da União Europeia.

A acusação de que a Europa renega as origens cristãs, corrobora o ressentimento que se agravou com a progressiva tendência dos Estados laicos de descriminalizarem o aborto, legalizarem as uniões homossexuais, aceitarem a eutanásia e facilitarem o divórcio, ao mesmo tempo que a Igreja católica vê a sociedade secularizar-se.

As uniões de facto aumentam e os casais prescindem cada vez mais da festa religiosa e da bênção eclesiástica para os seus projectos comuns. A sexualidade emancipou-se da reprodução e o clero romano envelhece e reduz-se.

O rancor e a vocação teocrática de um Papa que quer regressar ao latim e ao cantochão, que deseja integrar a Fraternidade Sacerdotal S. Pio X, do falecido e excomungado bispo Lefebvre, e que odeia a modernidade, estão na origem do insól…

Por uma Europa forte e unida!

Uma Europa forte e unida é condição de equilíbrio e progresso de toda a humanidade.
Uma força cultural, política, económica e militar que se bata por progressos no domínio do ambiente, dos direitos sociais e pelo diálogo de civilizações.

Europa - Declaração de Berlim

Imagem
Declaração de Berlim apressa UE para adopção de nova Carta

Bruxelas, 25 Mar (Lusa) - A "Declaração de Berlim", aprovada neste domingo pelos líderes europeus por ocasião do 50º aniversário da assinatura dos Tratados de Roma, que deram início ao que hoje é a União Europeia (UE), aponta 2009 como data limite para a adopção de um novo Tratado.

PONTE EUROPA associa-se às comemorações e reitera o seu profundo europeísmo e a inabalável convicção de que a União Europeia é um espaço civilizacional de que nos devemos orgulhar, factor de paz e progresso e um oásis democrático onde a justiça social e a laicidade dos Estados precisam de ser aprofundadas.

PONTE EUROPA saúda todos os povos e nações que integram a União Europeia e cumprimenta os governantes que se batem pela integração e solidariedade entre os seus membros, cada vez mais sólidas.

PONTE EUROPA agradece a Mário Soares a visão e a sabedoria com que se empenhou na caminhada europeia de Portugal. . «Temos certeza: a Europa é o nosso f…

Obrigado, Mário Soares

Imagem
Eminente estadista a quem Portugal deve a integração na Europa.

Síndrome do Poço de Boliqueime

Imagem

Espaço dos leitores

Imagem
Paula Rego

Quem nos acode? (2)

Auditoria revela descontrole Milionários em empresas municipais €€€ Os gestores municipais são nomeados sem critério, não fazem declaração de rendimentos e, em muitos casos, recebem muito mais do que o permitido por lei. Para além disso, beneficiam de regalias, como cartões de crédito e telecomunicações, sem que tal esteja previsto na lei. Comentários: Para que foram criadas as Empresas Municipais? 1- Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Coimbra não funcionavam bem sob a direcção de um funcionário? Era pior a água? Era tão cara? Beneficiaram os funcionários ou os consumidores? € 2 - Não será um caso de polícia o pioneiro da privatização das águas municipais, Ministro dos Santos (Mafratlântico): 8800,00 euros (ganha) / 3037,13 euros (devia ganhar) / + 189,75% (diferença)???

Quem nos acode?

Imagem
Obras adjudicadas no dia da demissão
Alberto João Jardim diz que cumpriu a lei

Alberto João Jardim aprovou obras no valor de 130 milhões de euros no mesmo dia em que apresentou a demissão. O presidente do Governo Regional da Madeira diz que cumpriu a lei.

Bom fim de semana

Imagem

Crescei e multiplicai-vos

Imagem
"Jornal de Leiria" - Edição de 22 de Março
Coluna “Pessoalíssimo” Amável deferência do leitor M.M.

Alemanha – O Corão e uma juíza idiotas

Imagem
Uma alemã, de origem marroquina, teve a desdita de numerosas mulheres ao longo da história, casar com um homem violento que a agredia e ameaçava de morte.

Com 26 anos, mãe de dois filhos, a vítima pediu ao tribunal de família de Frankfurt para que lhe concedesse um divórcio rápido. A pancada e as ameaças não são violências que se suportem num país civilizado. E a jovem mãe, casada em 2001, há mais de um ano que era vítima de espancamentos e ameaças.

Imagine-se que lhe saiu uma juíza, Christa Datz-Winter, que entendeu não ser urgente o seu caso pois ela tinha casado «segundo as leis islâmicas» e que, segundo o Corão, ela devia saber que «Não é invulgar que o homem exerça o direito de castigar a mulher».

A título excepcional, essa juíza devia ser obrigada a viver um ano com um muçulmano violento e piedoso, despojada das vestes forenses, vergastada na rua e, a seguir, repudiada pelo homem.

Talvez aprendesse que, acima dos preconceitos religiosos, estão os direitos humanos, mais importante do…

Vitória da liberdade de expressão

Imagem
O director do jornal satírico francês Charlie Hebdo foi ontem absolvido por um tribunal parisiense da acusação de injúrias de cariz religioso.

O referido semanário publicou em Fevereiro de 2006 três cartoons sobre Maomé, que a comunidade muçulmana considerou ultrajantes e injuriosos.

O tribunal considerou que as imagens, ente as quais a que se vê neste post, não contêm matéria de injúria. A liberdade de expressão foi mais importante do que as idiossincrasias dos crentes.

Pessoalmente, entendo que o juiz devia ter indeferido a queixa no despacho saneador por os crentes não serem parte interessada. Não consta que Maomé se tivesse sentido ofendido. Pelo menos não apresentou queixa.

Aeroporto da OTA e debate parlamentar (2)

Conforme diz Medina Ribeiro:

O relatório da ANA, de 1994, pode ser visto no site ADFER, do qual se pode concluir:

«Da análise global de um conjunto de aspectos objectivos, a melhor opção é Montijo B e a PIOR a Ota;

No aspecto operacional a melhor opção é o Rio Frio a e a PIOR a Ota;

Na perspectiva da engenharia a melhor é Montijo B e a PIOR a Ota;

No aspecto ambiental a melhor é Rio Frio e a pior é Montijo A;

Na perspectiva da acessibilidade a melhor é o Montijo A e B e a PIOR Rio Frio;

No aspecto do esforço financeiro nas infra-estruturas e da própria TAP a melhor é Montijo B e a PIOR a Ota;

Na perspectiva da operação simultânea com a Portela e dos investimentos inerentes a melhor solução é o Montijo B e a PIOR a Ota.

Conclusões da ANA de 1994, esmagadoras para a decisão do governo em 1998, que, com base no risco de colisão com aves, conduziu à precipitada escolha da Ota»

PS: resultado da 'ditadura' dos ambientalistas.Lamentável, a falta de trabalho de casa das oposições.

a) B. Monteiro

Co-incineração - Polémica em «O DESPERTAR»

Na sequência da minha resposta, surge hoje a réplica.

CASTANHEIRA BARROS RESPONDE A CARLOS ESPERANÇA Quem apelidou de « litigantes de má-fé », « oportunistas partidários » e « idiotas úteis » os que, legitimamente, lutam contra a co-incineração de resíduos perigosos, não podia esperar outra coisa que não fosse o mais veemente repúdio de tais afirmações que cheiram a lixo intelectual e soam a frete partidário .
Estou assim a responder à pergunta que constitui o título do artigo « Lixo intelectual ou frete partidário ? », da autoria do Senhor Carlos Esperança e publicado no Semanário O Despertar de 16.03.2007 .
O autor do supra-referido artigo estriba-se, pressupostamente de boa-fé, nos argumentos da famigerada « comissão científica independente », para defender a co-incineração .
Vejamos como foi obtido o Parecer formulado por essa comissão :
O artigo 5º do Dec.Lei 120/99 comporta um convite implícito à formulação de um parecer favorável à co-incineração ao consagrar que o mandato da comissã…

O caso Moderna foi diferente

O vice-reitor da Universidade Independente, Rui Verde, ficou ontem em prisão preventiva, na sequência de um processo em que estão em causa suspeitas de gestão danosa, branqueamento de capitais e falsificação de documentos. Chegou a falar-se também de tráfico de diamantes, mas isso nunca foi confirmado.

As pessoas eram outras.

Aeroporto da OTA e debate parlamentar

Imagem
O debate de ontem na Assembleia da República não convenceu, em definitivo, que a OTA tivesse sido a melhor opção para o novo aeroporto, mas deixou muito claro que os Governos anteriores a tornaram inevitável e que a demora e o aumento de tráfego a converteram em urgência.

Sem que Marques Mendes tivesse divergido, Valente de Oliveira e Carmona Rodrigues, quando ministros, defenderam a OTA. Este último defendeu-a com entusiasmo, quando antes a havia contrariado como presidente da Câmara Municipal de Lisboa, de acordo com a linha ininterruptamente ziguezagueante do PSD desde da liderança de Cavaco Silva.

Ficou provado à saciedade que a OTA era a opção dos Governos de Durão Barroso e Santana Lopes, apesar do primeiro, tal como em relação ao TGV, ora era, ora não era e acabou por ser, comprometendo-se com as duas decisões e levando, no caso do TGV, à irreflexão de assinar cinco itinerários com o seu amigo Aznar.

Talvez a política do PS, em certos aspectos de direita, roube ao PSD armas para …

MUKHTARAN BIBI é uma heroína!

O Ponte Europa solidariza-se com MUKHTARAN BIBI.
Com a sua obra generosa.
Com todos aqueles que acreditam no progresso, no esclarecimento da humanidade contra a barbárie, o poder bruto, a humilhação e a indignidade.
MUKHTARAN BIBI é uma heroína!

Tribunal Constitucional já tem candidatos a juízes

Imagem
Os nomes dos seis novos juízes do Tribunal Constitucional (TC) foram ontem divulgados pelo PS e PSD, após acordo mútuo entre os líderes parlamentares dos dois partidos, Alberto Martins e Marques Guedes. A lista deverá agora ser votada até dia 29 no Parlamento, onde terá que receber a aprovação de uma maioria de dois terços.

Justiça - Já chegámos à televisão?

Imagem
Ponte Europa/Pitecos - Zédalmeida
Apito Dourado Valentim (pai) contesta julgamento amanhã na TV
Valentim Loureiro defenderá quinta-feira, perante as câmaras de televisão, que vai a julgamento, no âmbito do processo «Apito Dourado», com base em «suposições» do Ministério Público e não em «provas concretas», adiantou hoje um assessor do autarca.

Nota: O Tribunal não acredita em Durão Barroso.

A democracia e o véu

Imagem
Londres autoriza escolas a proibir véu

Depois da inaceitável indulgência com os pregadores do ódio nas mesquitas, situação que, por exemplo, não seria permitida – e bem – a dirigentes políticos, a Inglaterra já autoriza as escolas a proibir o uso do véu islâmico dentro dos estabelecimentos de ensino.

Há quem se oponha a esta decisão, em nome da democracia e da liberdade individual, acusando os opositores de intolerância. Esquecem-se de que a Europa tem vivido em paz graças à laicidade do Estado que jovens muçulmanas desafiam, estimuladas pela família e pelos pregadores religiosos. Os constrangimentos sociais e o domínio sobre as mulheres são de molde a impor-lhes o símbolo da sua própria escravidão.

Só a França (até quando?) sobrepõe os direitos de cidadania aos desejos dos clérigos das diversas religiões. No exercício de funções públicas ou frequência de escolas do Estado não são permitidos os hábitos das freiras, as sotainas ou o véu islâmico. Alguém, de boa fé, nega a liberdade relig…

CONVITE

FUNDAÇÃO DE SERRALVES PROMOVE INICIATIVA EM COIMBRA


Integrado no seu Plano de Actividades para este ano a Fundação de Serralves www.serralves.pt promove um Programa de 12 Conferências que titulou “Crítica do Contemporâneo” as quais ocorrem no seu Auditório no Porto.

A realização deste Ciclo trará a Serralves figuras importantes a nível mundial, da filosofia, da biologia, da educação e do pensamento político actuais, autores que tem em comum o facto de elaborarem, nas respectivas obras, em termos analíticos e conceptuais, a matéria cultural, social e política com que estamos confrontados.

Porque Coimbra se intitula Cidade do Conhecimento hoje a 60 min de Serralves, entendeu a Fundação levar a cabo uma Sessão Pública de Apresentação do Ciclo, a ter lugar na próxima segunda – feira, 26 de Março, pelas 21h30, no Auditório da FNAC Coimbra, sito no Centro Comercial Fórum, o qual contará com as seguintes presenças:

. José Dias, Presidente do Conselho da Cidade, moderador da Sessão�…

Capaz disso é ele...

Imagem
Nogueira Pinto acusa Portas de instigar agressões

A presidente do Conselho Nacional do CDS-PP responsabiliza o antigo líder do partido de instigar o clima de «coacção física, violência verbal e agressão física» que diz ter vivido no Conselho Nacional de domingo.

Os fascistas telefonam mais

Imagem
Elogio da Irmã Lúcia a Salazar


Grandes Portugueses: Salazar 22 mil votos à frente na votação

HAJA MEMÓRIA

Na votação para o programa da RTP1, «Grandes Portugueses», Oliveira Salazar encontra-se à frente de Afonso Henriques, com 22 mil votos de diferença, registando um total de 52 mil telefonemas. Álvaro Cunhal caiu para terceiro lugar, com 25 mil votos apurados.

Comentário: A nível mundial, certamente Hitler e Estaline venceriam.

Ética parlamentar - o deputado ensandeceu?

Imagem
Deputado do PSD arrisca processo na Ordem


Nunca ninguém, de forma tão canhestra, tinha visto os interesses do Estado como a extensão dos interesses pessoais.

A barbárie continua

Imagem
Número três de Saddam executado

Jamal Nasrallah/ReutersTaha RamadanO ‘número três’ do regime de Saddam Hussein, o vice-presidente Taha Yassin Ramadan, foi executado na madrugada de terça-feira, dia em que se assinalou o quarto aniversário da invasão norte-americana no Iraque.

Os carrascos já têm experiência:

Entrevista ao jornal do meu velho liceu

Imagem

Espaço dos leitores

Imagem
Nefertiti

No mundo dos «homens»...

Imagem
Na sequência do veredicto de um tribunal tribal, esta mulher foi condenada a ser violada por quatro membros da tribo, por um alegado crime cometido… por um irmão.

MUKHTARAN BIBI, a vítima de tamanha crueldade pensou em beber ácido e suicidar-se, como é hábito na tribo. Preferiu sobreviver e criar escolas para crianças de ambos os sexos onde acolheu os filhos dos seus algozes. Esta heroína aprende agora, ela própria, a ler com a consciência de que só a cultura e a instrução libertam.

Esta história de um mundo perverso e cruel, em que a tradição e o desprezo pela mulher se cruzam, contada no «Público» de hoje (site disponível só para assinantes) deu origem a este poema de Lopes de Castro, escrito há pouco:



MUKHTARAN BIBI

A tua honra ficou intacta e branca
nessa noite escura onde ainda dorme o teu povo
à sombra de um Deus que os teus antepassados
quiseram perverso.
Nem a carne que te rasgaram
para da tua dor e do gesto alarve tirar prazer
quebrou a tua força de viver.
Mesmo sabendo que os rostos pa…

Um beirão não bate numa mulher...

A distrital de Viseu do CDS-PP solidarizou-se hoje com o deputado Hélder Amaral, apelando à reposição da «verdade dos factos», depois de Maria José Nogueira Pinto ter acusado o parlamentar democrata-cristão de a ter agredido fisicamente.


...submete-se a Paulo Portas.

Aquilino entra no Panteão

Imagem
Aquilino entra no Panteão
A Assembleia da República vai criar uma comissão para definir a data e orientar a transladação dos restos mortais de Aquilino Ribeiro para o Panteão Nacional, publicou o Diário da República. O escritor está sepultado no Cemitério dos Prazeres, em Lisboa. * Aquilino é um mestre da língua portuguesa. Sem ele, sem Vieira, Bernardes ou frei Luís de Sousa não teríamos hoje Saramago, o Nobel do nosso contentamento.

Aquilino não foi apenas um grande paladino da língua portuguesa, foi um exemplo de revolucionário e um combatente da liberdade.

Do seu empenhamento cívico e da fecundidade do escritor ficou um património que tem sido votado ao esquecimento. Recordar Aquilino é dever, homenageá-lo uma obrigação e lê-lo uma necessidade.

Há um compromisso que os portugueses deviam assumir: conhecer o Malhadinhas, Terras do Demo e Quando os Lobos Uivam. Depois, partiriam, para uma viagem mais exaustiva à Beira e visitavam o meio rural português através das páginas de um mestre que…

Rescaldo de “Um espectáculo degradante”

Imagem
Ponte Europa/Pitecos - Zédalmeida A presidente do Conselho Nacional acusou ontem o deputado Hélder Amaral de agressão física e Paulo Portas de ter instigado os acontecimentos do último domingo. Um “espectáculo degradante”, que terá “efeitos irreversíveis no CDS/PP”, disse Maria José Nogueira Pinto.