Rescaldo de “Um espectáculo degradante”

Ponte Europa/Pitecos - Zédalmeida
A presidente do Conselho Nacional acusou ontem o deputado Hélder Amaral de agressão física e Paulo Portas de ter instigado os acontecimentos do último domingo. Um “espectáculo degradante”, que terá “efeitos irreversíveis no CDS/PP”, disse Maria José Nogueira Pinto.

Comentários

Anónimo disse…
PARA ALCÁCER QUIBIR, JÁ...

Estes...
não são gente não são nada
São intereseiros
e desestabilizadores da porrada...
Esta é a gente
Que a gente sente
Que não vale nada.

ZÉZÉ
Anónimo disse…
Se dúvidas tinha quanto á qualidade moral do deputado Helder Amaral, elas dissiparam-se rapidamente das duas vezes que se pronunciou sobre esta situação.

Primeiro, quando referiu demagogicamente (e piscando o olho ao distrito pelo qual foi eleito) que os "beirões não batem em mulheres". Ao mesmo tempo intitulou de forma subjectiva os "não beirões" de pessoas capazes de tal feito!

Já hoje, 3ª feira, apareceu á hora das noticias - á boa maneira do seu idolo, Paulo Portas - a dar uma conferência de imprensa em que se vitimiza e insinua sob uma enjoativa falsa ingenuidade, racismo de Maria José Nogueira Pinto.

É o exemplo claro da veracidade do velho ditado "quem vê caras não vê corações"

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido