‘Laundromat Portugal’: uma nova marca exportadora?

Hoje, fomos surpreendidos por aquilo que meio mundo andou a anunciar e a prever à volta do celebrado ‘Programa de Autorização de Residência para Actividade de Investimento em Portugal (ARI)’, uma ‘das estrondosas vitórias’ de Paulo Portas link.
É claro que vai ser anunciado que ‘uma andorinha não faz a Primavera’. Este Governo não mostra capacidade de captar e analisar indícios. Mais depressa aceita transformar o País num vasto alfobre de 'lavandarias de capitais' (do tipo da rede de laundromats de Al Capone em Chicago nos tempos da Lei Seca e da Grande Depressão).
O que para os portugueses que ganham honestamente a sua vida num mercado de trabalho em acelerada ‘desconstrução’, não passa de mais uma humilhação.

Comentários

septuagenário disse…
Foi bom com Gulbenkian, mas...cuidadinho com os facilitanços!

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido