8 de maio de 1945

 No dia em que os nazis se renderam aos exércitos aliados, em Berlim, findou o mais cruel e demente plano genocida dos tempos modernos. Hoje, parece esquecida a data e o pesadelo que custou a vida de milhões de pessoas, vítimas do racismo e da xenofobia.

Sessenta e nove anos depois, renascem demónios totalitários que deram origem à maior tragédia do século XX. É a história a repetir-se num misto de farsa e de tragédia.

Evocar o dia 8 de Maio é condenar a violência de Estado, denunciar o antissemitismo e homenagear as vítimas, todas as vítimas, de diversas origens, que ao longo dos séculos foram perseguidas por preconceitos religiosos, étnicos e culturais.


Não esqueçamos que é a economia à solta que cria as monstruosidades políticas de que necessita. Tem de ser a política a comandar a economia e não esta a determinar aquela.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido