Israel - Direita perdeu à tangente...

... por isso, reclama novas eleições.

O chefe da oposição de direita israelita reclamou, esta quinta-feira, a realização de eleições antecipadas depois da eleição à justa de Livni para a chefia do partido no poder. Entretanto, o chefe da diplomacia portuguesa mostrou-se entusiasmado com a vitória da ministra.

Comentários

e-pá! disse…
Luís Amado deveria ter-se limitado a felicitar Tzipi Livni.
Entusiasmo é excessivo.
A diplomacia é subtil e conhece estas diferenças...

Embora em democracia com 1 voto se perde e com 1 voto se ganha, o governo saído destas eleições, será muito "instável".
Mostrou profundas divisões no circulo do poder.
Vai ser difícil promover a PAZ.
Não podemos esquecer que o Kadima é um produto de Ariel Sharon, um falcão da política israelita embora, mais tarde, um trabalhista como Shimon Perez tenha, perante a surpresa de sectores políticos, aderido ao nóvel partido. Por esse caminho o histórico político chegou a Presidente da República.
Penso que, essa desejada PAZ, continua a ter como placa giratória o Partido Trabalhista.
O criminoso assassínio de Yitzhak Rabin, ocorrido há alguns anos, em plena viragem do processo de Paz, significa isso.

Gostaria de estar errado!

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura