BPP - um caso por explicar

Paulo Portas vem, a pouco e pouco, tentando assumir o papel de "líder" da oposição.
E tem toda a razão em exigir esclarecimentos sobre estas "negociatas" do BPP!

Comentários

e-pá! disse…
A Paulo Portas falta-lhe autoridade moral para exigir o que, provavelmente, todos os portugueses desejam ver esclarecido.

A sua idoneidade política saíu gravemente ferida do "Caso da U. Moderna", pese embora a sua absolvição, que se fundamentou mais em factos não esclarecidos ou não provados, do que uma transparente inocência.

Como dizia Kant:
"A inocência é uma coisa admirável; mas é por outro lado muito triste que ela se possa preservar tão mal e se deixe tão facilmente seduzir"

Pelo que, embora reclamando factos óbvios, não tem condições para líder de qualquer coisa - muito menos da Oposição.

É preciso não assassinar a memória!
andrepereira disse…
e-pá! Ok. Ok. Assumo a inocência... e penitencio-me pelas palavras tontas.

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?