Genocida condenado por Tribunal das Nações Unidas

Mais uma vitória da humanidade, do progresso e da justiça sobre o obscurantismo, o medo, a humilhação e o terror.

Após um processo justo, no qual se fez prova dos mais abomináveis crimes contra a humanidade, o responsável pelo hediondo genocídio do Ruanda, foi condenado a Prisão Perpétua.

Várias vitórias se podem apontar com esta notícia:
- fomos capazes de criar um Tribunal justo e imparcial para julgar estes crimes;
- a produção prova decorreu segundo as exigências de um processo justo;
- o arguido foi condenado a uma pena justa, mas (minimamente) humana.

Foi mais uma grande vitória daqueles que se batem pela abolição da pena de morte!

Só tratando os nossos maiores inimigos com justiça e de acordo com as regras do processo e do direito justo poderemos manter a nossa integridade moral e o rumo pela emancipação da Humanidade!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Insurreição judicial