Uma derrota humilhante para o Presidente da República

Açores e o PR...

Depois de discursos à Nação, conversas privadas com quem de direito, uma postura firme e hirta, eis que nem o "seu" PSD (desculpem, já não é militante, é verdade!, Cavaco desfiliou-se em 1995...) teve uma manifestação de apoio para o Presidente da República.

Nas vésperas de Natal, este órgão uninominal surge mais isolado do que nunca.

Com pouca ligação ao povo, sem apoios partidários, sem conseguir entusiasmar o país e somando derrotas por causa de coisa nenhuma.

Importante seria que ele tivesse repreendido AJ Jardim em tempo útil, das várias vezes que este humilhou os órgãos de soberania e a democracia portuguesa.
Importante seria que tivesse melhor critério aos escolher os Conselheiros de Estado e ao avalizar, com a palavra de Presidente, os comportamentos privados de certas pessoas.
Importante seria conseguir colocar ordem na Educação, chamando Sindicatos e a Ministra e promovendo um diálogo imparcial ao mais alto nível.

Quase três anos de mandato e só uma leve sombra paira no ar.

Guterres: esperamos por ti! Volta depressa! 2011 não está longe!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?