Pergunta impertinente...


Porque estamos a apanhar tanta "porrada"?

Comentários

pvnam disse…
«mini-spam»
Todos Diferentes! Todos Iguais!
TODOS os povos - quer os de maior, quer os de menor, rendimento demográfico - devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta!



---> Os BANDALHOS-NAZIS (vulgo bandalhos brancos -> a maioria dos europeus) são assim mesmo:
1- não se preocupam em constituir uma sociedade sustentável (média de 2.1 filhos por mulher)... consequentemente, como é óbvio, procuram-se infiltrar em qualquer lado...
2- são INTOLERANTES para com a preservação/sobrevivência das Identidades Étnicas Autóctones...


---> Os IDIOTAS SUICIDAS (PNR's e afins) - estes idiotas não vêem que a maioria dos europeus (vulgo bandalhos brancos) não são de confiança -... andam por aí a perder tempo feitos otários.


CONCLUSÃO: Antes que seja tarde demais, há que mobilizar aquela minoria de europeus que possui disponibilidade emocional para abraçar um projecto de Luta pela Sobrevivência... SEPARATISMO-50-50... e coligação (do tipo NATO) contra o inimigo comum: os predadores insaciáveis...
{nota: como possui armas de alta tecnologia, e como também está demograficamente ameaçada... será da máxima importância mobilizar a Rússia para a coligação}


ANEXO:
->Os Predadores Insaciáveis (africanos, islâmicos, etc) 'estão na deles'... isto é, estão numa corrida demográfica pelo controlo de novos territórios... logo, são INTOLERANTES para com a preservação/sobrevivência das Identidades Étnicas Autóctones...
Rui Cascao disse…
Parece-me que estamos a "levar tanta porrada" porque à questão orçamental se junta a anemia da economia real portuguesa, que evita a consolidação orçamental. Países como a Itália, a Bélgica ou a França têm uma economia forte que lhes permitirá a médio prazo estabilizar a dívida pública e o deficit orçamental, ao passo que em Portugal, Grécia e Irlanda a economia está estagnada. Ou seja, estamos a apanhar tanta porrada porque produzimos pouco.
e-pá! disse…
Caro Rui Cascão:

Infelizmente, para tentarmos evitar a prossecução deste "ataque" especulativo, o Governo - neste momento de braço dado com o maior partido da Oposição - insiste na vertente da Estabilidade.
Estabilidade à custa de uma drástica redução da despesa pública, com largas e nefastas repercursões nas prestações sociais.

Do inicial PEC restará um PEEEEEE...ou um Peeeee(com um e minúsculo)!

Quanto ao Crescimento, népia...

Os empresários e os empreendedores nacionais sempre se sentaram, gulosamente, à mesa do Orçamento do Estado.
Como nos tempos que correm o Orçamento é altamente deficitário, é escasso, investem no estrangeiro.
Não crescemos, não desenvolvemos, não produzimos - mas pensamos que podemos endividar-nos indefinidamente...

Entretanto, a UE contempla, olimpicamente, o desastre.

De momento, prefere especular sobre os riscos de contágio que se abaterão - como todos sabemos - sobre os economicamente mais débeis.
E a seguir sobre todos os malandros do Sul...("os mediterrânicos").

Entretanto quando o "efeito dominó" substituir o risco de contágio a Zona Euro terá, provavelmente, colapsado... mas, Frau Angela Merkel terá vencido as eleições regionais da Alemanha a realizar no próximo dia 9.Maio.2010.
Viel Glück!
Rui Cascao disse…
Es lebe die Kãnzlerin!

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?