A decisão do PSD da paróquia do Funchal

«A Assembleia Legislativa da Madeira aprovou, ontem, um voto de protesto contra o ministro dos Negócios Estrangeiros. No documento, Freitas do Amaral é acusado de "cobardia política" e de "bajulação" à China, por ter pedido desculpas ao Governo de Pequim, quando Alberto João Jardim disse não querer chineses na região» - lê-se hoje no «Jornal de notícias».

Na impossibilidade de julgar Alberto João Jardim pelos prejuízos causados ao bom nome de Portugal e ao respeito que os portugueses merecem, não se poderia extraditá-lo para a China ou, melhor ainda, entregá-lo a uma tríade chinesa?

Comentários

Anónimo disse…
com o aumento de chinocas no continente bastava só extraditá-lo para portugal continental...

Já andam aí as triades...
agora eu pergunto, para que queremos nós cá as triades?
porque voçês são de esquerda e mesmo que não haja emprego para a população nativa tem de haver triades e concorrencia desleal, porque mostra tolerancia e esquerdismo?

deixem-se de tretas e por favor...REPRESENTEM A POPULAÇÂO PORTUGUESA

Porque se não a representarem...
politicos da treta, podem querer que um dia a fachada de "democracia" falsa caí e depois podem mas é fugir!

Se andam na politica, por favor...tentem representar os cidadãos nacionais e não tentem ser outra coisa que não interessa...

Esse vosso ódio de estimação pelo Alberto é ridiculo...
epá
ele pode ser uma granda besta, mas se fizessem uma sondagem depois destas situações "anti-china" iriam ficar surpreendidos como o Alberto conseguiu tornar-se até querido dos continentais!

Há grande Alberto!
Ricardo Alves disse…
Que vergonha. A Jardim, tudo é permitido...
Anónimo disse…
Vergonha?
quer dizer que o querem silenciar?
há linda democracia!

Primeiro temos politicos que representam todos (os palop, os africanos no geral, os ucranianos e como é óbvio os chineses), onde até se tenta tratar de forma priveligiada as minorias (embora no fundo se esteja a previlegiar nesta situação cerca de 1 bilião de chineses não residentes, ao ponto de destruir grande percentagem do tecido comercial e industrial de Portugal)

Que lindo serviço vocês estão todos a fazer!
Continuem...

olha inventem uma taxa para cidadãos portugueses tipo IVA a 40% e retirem o IVA a 0% para os outros...
epá espera isso já não foi concedido?

Senhor Ricardo Alves é uma vergonha o teu pensamento racista de tão anti portugal que é...

É politicamente correcto, pelo menos para alguns politicos (o Alberto graças a deus não está incluido), mas já cheira mal para a população em geral...

Um dia irão ter uma surpresa!

Povo português acorda!
Antes que nos transformem num outro Brasil!
Anónimo disse…
Ui... Quantas lojas dos 300 abriram.
Que eu saiba não eram chinesas.
O que lhes aconteceu.
O Jardim não é o único biltre fascista em terras de Portugal.

Há mais, como se vê!
Anónimo disse…
O carlos eserança quer deportar os portugueses e convidar os estrangeiros a vir morar aqui para esta terrinha à beira mar...


1º sou anti capitalista, isso faz de mim de fascista?

não faz!
Sou portugues e tenho orgulho em o ser...e o senhor carlos esperança não tem o direito de me chamar fascista porque não sou!

aliás sou completamente socialista!
mas... oponho-me a tudo o que permita que este pequeno país fraco e sem poder económico ou outro desapareça.

logo sou nacionalista...
nacional socialista?
não não sou nazi!
odeio o que isso representou!

Agora é assim...
Sou um socialista patriótico e não me vejo representado nos partidos do sistema...
O senhor carlos esperança pode ter a esperança de um dia o crioulo ou o mandarim ou outra seja linguas oficiais de portugal... desaparecendo o portugues da face da terra.

deve ser isso que o senhor carlos esperança quer.

porque se não houver emprego cá os portugas emigram se estes emigram e se há tantos a entrar...quer dizer que o substracto da cultura portuguesa e ob povo portuges deixa de existir neste cantinho....
acho que deve ser isto que o senhor carlos esperança quer...


epá chamar os outros de fascistas sem argumentos, é triste...e feio!
quando a pessoa visada não o é.

Odeio o salazar e o atraso que este nos trouxe!
agora comenta o resto que eu disse...

MAois uma coisa as lojas dos 300 se venderem só produtos chinocas são tão boas como as dos chineses!
mesmo que os patrões sejam portugueses!
só que não têm as regalias do estado chines que ajuda o avanço economico chinês de uma forma secreta.

alguns destes chineses recebem avultados apoios do estado chinÊs para vir para aqui competir...
há poix!

pensam que ó mundo é só caridade e boas pessoas?
vindo de um país totalitário só podemos esperar destas coisas..

Só que o problema é que pessoas como o acefálico carlos esperança, repito acefálico, não conseguem distinguir a particularidade do comércio mundial dos nossos dias...

Isto é uma guerra.
e numa guerra á mortos e feridos, guerra comercial...mas guerra!

O que eu digo é que isto pode ser o afundar deste país com um exodo e com a imigração constante não faleremos portugues dentro de alguns anos..
é triste.

Carlos Esperança voçê é um dos cegos que nada vê!
já parece o padre que está no PS e o coitado do freitas...
coitados!
Cegos!

A dar a outra face para os chinocas a comerem!
Ao anónimo das 11:59 PM:

Se os insultos que me dirigiu o deixam mais aliviado, ainda bem.

Lembre-se dos portugueses que emigraram e que não gostariam de ser insultados nos países de acolhimento.

É também por eles e por questões éticas que combato o racismo e a xenofobia.

Sei como são tratados (mal) muitos portugueses que contribuem para o desenvolvimento de outros países.

Lembro-me dos madeirenses que estão na África do Sul e na Venezuela, aos milhares.

Estou de acordo na defesa da nossa língua. E o melhor que podemos fazer é aprendê-la.
Anónimo disse…
O problema é que os portugueses que referes e que são tratados mal não dão troco...só a outra face...coitados

Como os ataques racistas e assassinatos de portugueses na africa do sul, no zimbabwe...

Os portugueses mesmo explorados não ofendem e não fazem aumentar a criminalidade nos países de recepção.

Somos brandos, por isso africanos e outros como os chinocas que são dos povos mais racistas que conheço conseguem ser intolerantes com os portugueses cá!

e isso mete-me nojo!
Gostava de saber como pessoas como o senhor ou como o nosso ilustre presidente da republica, os louvam...


Visitando-os e convivendo com eles...e referindo que é bom termos áfrica em portugal...essa áfrica está a crescer o 3º mundo aqui tão perto.

bah!
Viva Portugal!
ABaixo os acefálicos!
«Viva Portugal!
ABaixo os acefálicos!»

Concordo.
Anónimo disse…
«Viva Portugal!
ABaixo os acefálicos!

concordas?
hum....tenho dúvidas porque se conhecestes uma mulher com 24 flhos nos anos 50 já deves ter os neurónios todos lixadinhos é a velhice!

estás tão empregnado no anti fascismo e anti....qualquer coisa que ainda não percebestes qual é o principal problema do nosso país...
Anónimus das 2:29 AM:

Eu posso ter perdido neurónios (e perdi) ao longo de 62 anos, mas escrevo um português próprio de quem fez uma 4.ª classe bem feita.

Quem não sabe escrever (já não falo em pensar) o melhor é fazer um curso de adultos e aprender os verbos.

Eu ofereço-me para ensinar, sem cobrar honorários
Anónimo disse…
tenho até uma licenciatura cientifica.

Matemática aplicada numa faculdade do estado.

Já agora faça o favor de me corrigir...
pode ser que eu aprenda!
Anónimo disse…
Como forma de te insultar e ofender e para que tu compreendesses tentei usar apenas a forma coloquial, sabes a tal que a nova geração rasca usa.

Se cometi erros vá...corrige.
estou à espera.
Anónimo disse…
Foto do senhor Carlos:
Carlos

Queimei muitos neurónios na faculdade, mas se não sei pensar e se concluí um curso que tem uma das maiores taxas de desistências em portugal...andarei mesmo a pensar mal?

Pois é...
Se não sou politicamente correcto penso mal...

Ou seja, o senhor gor...Carlos, acha que todos temos de ter um pensamento único o tal pensamento politicamente correcto, acha que isso é pensar?

Será que o senhor Pensa?
Carlos
Mano 69 disse…
Mas quem é o Carlos? É que a fotografia não o favorece.
Ao anónimo com uma licenciatura:

Vou corrigir os erros:

«concordas?
hum....tenho dúvidas porque se conheceste(s) uma mulher com 24 flhos nos anos 50 já deves ter os neurónios todos lixadinhos é a velhice!

estás tão *empregnado* no anti fascismo e anti....qualquer coisa que ainda não percebeste(s) qual é o principal problema do nosso país... ».

....
Pretérito perfeito simples do verbo perceber:

2.ª pessoa do sing. - Tu percebeste
2.ª pessoa do pl.- Vós percebestes.

A mesma regra aplica-se ao verbo «conhecer».

Mas isto aprendia-se na escola primária, não na Universidade.

«empregnar» não existe. O Sr. Doutor queria dizer «impregnar».

Quanto à fotografia de um símio que algém me atribui não sei se trocou com a própria.

Deixo aqui a minha foto, sem me esconder no anonimato e sem me tornar um prevaricador ortográfico.
Anónimo disse…
Afinal não foram tantos erros assim

olha que alguém escreve-se com u...
;)
O senhor também se engana...

Sim concorda e não concordas
...
Estava a meter S's a mais...
Obrigado...
;)
não esquecerei esta lição!

não... a fotografia não era minha...
;)
Alguém escreve-se, de facto, com um «u». (Não é «algém»)

1 - A diferença entre uma gralha e o desconhecimento nota-se facilmente. De qualquer modo peço desculpa. Amo demasiado a minha língua para me tornar um prevaricador ortográfico.

2 - Quem escreveu «concordas», em vez de «concorda», não fui, foi o senhor Doutor. Limitei-me a fazer uma citação «ente aspas».

Satisfaz-me que tenha aprendido e que não repita os erros. Verá que acaba por agradecer a um desconhecido o precioso ensinamento.

Mensagens populares deste blogue

Goldman Sachs, política e terrorismo financeiro

Miranda do Corvo, 11 de setembro

Maria Luís e a falta de vergonha desta direita