Declaração

Ninguém pode inferir, do que tenho escrito, que duvido da razoabilidade das medidas de coação impostas pelo juiz Carlos Alexandre; que me surpreenda com um dia extra para fixação das referidas medidas; que tenha estranhado a coincidência com o Congresso do PS; que esperasse que o anúncio das medidas, a cada 30 minutos, para a próxima meia hora, demorasse mais de três; e, muito menos, que o meritíssimo juiz devesse esclarecer à noite as razões que foram amplamente divulgadas pelos matutinos. Seria supérfluo. Quanto à aplicação da mais gravosa de todas as medidas possíveis, é a convicção de um homem de fé, em relação a Sócrates.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Nigéria – O Islão é pacífico…

Macron e a ‘primeira-dama': uma ‘majestática’ deriva …