Envelope 9

A ordem de Jorge Sampaio dada ao Procurador-geral da República para averiguar com urgência as escutas aos titulares dos mais altos cargos públicos leva-me a pensar que:

1 – É obrigação do actual PR exigir o cumprimento das instruções do antecessor;

2 – A falha do PGR põe em causa a confiança que deve merecer e o respeito que lhe é devido;

3 – O país não pode viver num clima de permanente impunidade e atropelo às liberdades, onde houve o atrevimento de escutar o PR, PM, P da AR e o bastonário da OA, entre outros, sem que se dê justificação para tão grave ofensa aos seus direitos.

P.S.: Os grandes casos judiciais estarão condenados à prescrição e a absolvições?

Comentários

Anónimo disse…
O PR ainda está na era dos consensos. Nada de fracturante.
E o C. Esperança, daqui por cem anos, ainda anda a perguntar o que é feito do inquérito.
Que nunca lhe doam os dedos no teclado!
Anónimo disse…
E que tal a liberalização da sexualidade pós 12 anos?
Na Holanda há quem o defenda.
Será como os casamentos gay?
Anónimo disse…
Hmm I love the idea behind this website, very unique.
»
Anónimo disse…
I say briefly: Best! Useful information. Good job guys.
»
Anónimo disse…
Cool blog, interesting information... Keep it UP » » »

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime