O IRS quando nasce é para todos

Comentários

Anónimo disse…
Este post - com humor - repete o tema anterior sobre a FPF e a rejeição do governo às suas pretensões de isenção de IRS.
Deixemos, portanto, os candidatos a privilégios descansarem o merecido repouso pelo trabalho dispendido na Copa 2006.

CE:
Tudo isto para arriscar um alvitre.
Os recentes desenvolvimentos do PSD Coimbra, não merecem...?
The_new_hope disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
The_new_hope disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
The_new_hope disse…
Há dois conceitos que foram confundidos nesta questão.
O primeiro:
Para estes rendimentos estarem isentos de tributação, teriam de ser prémios não previstos e não combinados à priori.

Segundo:
A meu ver (e do Sr. Ministro das Finanças), cabem na concepção de rendimentos por conta doutrem, uma vez que foram Rend cat. A, dependentes da produtividade.

Num país onde as pessoas que recebem DEVOLUÇÃO de IRS, julgam que é prémio do fisco porque não considerar que produção por objectivos também é extracontratual!!!!

Assim vai o nosso país!

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?