censura!

O jornalista da RAI, Roberto Balducci , foi privado da sua rubrica após ter tecido um aparte irónico sobre o Papa e os gatos que o acompanham nas férias e que, segundo o comentário jocoso do jornalista, ainda conservam paciência para o escutar…! link

Nota – Não parece gostar de arminhos. Usa-os para adornar o seu barrete papal (é esse o nome?). Bem, mais parece um barrete de Pai Natal!

Comentários

Anónimo disse…
e o mesmo papa fala de liberdade....
Foi demitido, ao que parece.

«Um comentário irónico sobre o Papa Bento XVI valeu a um jornalista, perito em temas relacionados com o Vaticano do canal de televisão «RAI 3», Roberto Balducci, a demissão, esta terça-feira, diz o «El Pais».

«O Papa vai de férias onde o esperam dois gatos que vão arrancar o seu sorriso, pelo menos como os proverbiais quatro gatos, e quem sabe alguns mais, que todavia têm o valor e a paciência para escutar as suas palavras», revelou Balducci sobre a ida do Papa para férias para a aldeia de «Les Combes» no vale de Aosta». (in IOL Diário)
e-pá! disse…
CE:

A atitude do Vaticano neste caso - pressionando a RAI - fez lembrar a histeria muçulmana à volta dos célebres cartoons de Maomé, publicados num jornal da extrema-direita dinamarquesa...
Esta seria uma grave perseguição censória a um jornalista na sua versão audiovisual... que qualquer autoridade de regulação num País europeu, expeditamente, resolveria.

Mas estamos num País democrático - a Itália - infelizmente governado por Berlusconi que, com seus recentes escândalos na "casa de férias", tornou-se num refém da hipócrita moral cristã.

Na UE - onde a Itália se integra - ninguém poderá condescender numa intransigênte defesa da liberdade de expressão.
Pouco importa que o Vaticano fique "amuado"!
Anónimo disse…
a Italia é servil à ICAR

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura

Notas sobre a crise venezuelana…