HABILIDADE CONTABILÍSTICA, OU FRAUDE POLÍTICA?

Começam a ser conhecidos os pormenores do negócio entre o Estado Português e o Citigroup!


A “rigorosa” e “competente” Ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite, agiu com a irresponsabilidade própria de um adolescente imberbe.

Pode o senhor P.R. ficar descansado, que em Setembro próximo, irei contribuir com o meu voto na verdadeira “Assembleia Geral dos accionistas de Portugal”, para que esta senhora não volte, pelo menos nos tempos mais próximos, a brincar com o meu dinheiro, nem com o dos restantes contribuintes cumpridores!

Comentários

e-pá! disse…
Como foi possível MFL não ter "rasgado" este negócio?

E, como se compreende o "pudor" político do Governo de José Sócrates ao não denunciar que, no ano de 2008, tenha sentido a imperiosa necessidade de por fim a este ruinoso negócio?

Para poupar quem ou o quê?

São estas "omissões" que me fazem, de quando em vez, ouvir um melodioso canto da sereia, oriundo do Bloco Central, malgré todas as juras...

Esta atitude de MFL é antes de tudo um acto de esbanjamento de dinheiros públicos para tentar lubridiar a UE no cumprimento Pacto de Estabilidade e Crescimento e os protugueses na reducção do deficit orçamental...
Diz o povo que mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo. É bem verdade. Daquela que a senhora doutora apregoa.

Penso que a UE ao conhecer os pormenores deste tipo de negócio de feirante, jamais voltará a ter confiança nas contas da referida senhora (economista, por sinal).
polytikan disse…
resta saber onde foram parar as comissões e quem e quanto recebeu por estudar e preparar o negócio.

"- vêm ali aquele comboio de alta velocidade? - não, respondem os seus colegas em coro. - pois está todo aqui, apontando para a sua mansão à beira mar." - humor negro entre políticos...

Mensagens populares deste blogue

António Costa e a popularidade

Vasco Graça Moura