Os homens de Cavaco

E lá vão três. Depois de Dias Loureiro e Oliveira Costa, Arlindo Carvalho é o terceiro ex-membro dos Governos de Cavaco Silva a ser constituído arguido no 'caso BPN'. Claro que o Presidente da República não pode ser acusado pelas asneiras dos seus acólitos.
(...)
E parece não ter aprendido. Para substituir o homem [Dias Loureiro] que defendeu muito para lá dos limites da normalidade, o presidente escolheu agora Vítor Bento. Não comparo o incomparável. Mas devo recordar que, durante oito anos, o novo conselheiro andou a ser promovido 'por mérito' no Banco de Portugal enquanto dirigia a SIBS. Ter mérito no desempenho de uma licença sem vencimento não é para qualquer um. Violar uma regra da casa - que só permite tal situação por três anos - sem uma arranhadela também é difícil. Mas isto tudo sair nos jornais e mesmo assim chegar ao Conselho de Estado é que só está reservado aos melhores. Os homens do cavaquistão são gente com fibra. Nem quando os seus camaradas de armas caem nas trincheiras se assustam.

Daniel Amaral in EXPRESSO

Comentários

polytikan disse…
São mesmo os melhores, diria mesmo os eleitos da raça portuguesa de que tanto gosta o nosso presidente. Força Cavaco, o povo agradece!
ahp disse…
O pior vai ser quando se começar a inspeccionar as contas do PSD, e saber como eram financiadas as suas campanhas! Aí Cavaco não pode dizer que não sabia de nada, pois era o Presidente desse partido!

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura

Notas sobre a crise venezuelana…