«Expresso» muda de director


Henrique Monteiro vai ser o novo director

«Henrique Monteiro, actual subdirector do semanário «Expresso», foi escolhido pela administração do grupo Impresa para ser o novo director do jornal, substituindo assim José António Saraiva» – anuncia a TSF.

Muitos jornalistas pensam que António José Saraiva poderia ter sido um grande arquitecto e alguns arquitectos consideram-no um grande jornalista.

Comentários

Mano 69 disse…
Pior era se ele, o Director do Expresso, arquitectasse as notícias.
Até o Grande Arquitecto ás vezes se engana e se equivoca!
Anónimo disse…
Os Grandes Arquitectos (Deus) enganam-se muitas vezes («Homens para que nos criastes?»)- Divina Comédia - Inferno (Dante).

O arquitecto Saraiva enganou-nos quase sempre.
Anónimo disse…
Ate q enfim, q gajo mais lambe botas e mais faccioso!
Anónimo disse…
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse…
O gajo que enganou o Esperança conseguiu, apenas, que o "Expresso" seja ainda hoje o MAIOR jornal português.
Eu compro todos os sábados, há muitos anos!
(Que sorte o Esperança nunca ter dirigido um jornal... Acabava em pouco tempo, está-se mesmo a ver!)
Anónimo disse…
Em tempo: os socialistas são especialistas em fechar jornais.
Querem uma lista?
Anónimo disse…
Anónimo 3:01 PM:

O seu post foi apagado porque:

1 - É repetido (encontra-se na caixa de comentários de um artigo anterior);

2 - Avisei-o quanto ao facto de poder ser eventualmente caluniosos;

3 - Não se deve transformar em depósito de lixo um espaço de diálogo.
Anónimo disse…
Anónimo das 3:34 PM:

Compro o Expresso desde o número 0 (zero).

Sempre que estive ausente do País mandei guardá-lo.

AJS foi, para mim, o mais medíocre dos directore do Expresso. Talvez isso explique a longevidade.

P.S. Nunca dirigi um jornal nem me sinto com competência para tal.
Anónimo disse…
Ficámos a saber que, para o director deste berloque, todos os directores do Expresso foram medíocres. Nada mau, para quem gosta tanto do jornal.
Manuel da Gaita disse…
Cada vez que comprava o Expresso, tinha a sensação que estava a deitar dinheiro fora. E essa sensação crescia de semana para semana.
Nunca gostei do Arquitecto e daquilo que escrevia, como se fosse detentor da Suprema Verdade, por mais tonta que fosse a sua escrita.
Não vai deixar saudades
Mano 69 disse…
Ó manual da gaita você é masoquista? Ou ao sábado apesar de saber que é enganado não passa sem a sua dose de EXPRESSO?
Maria RHenriques disse…
Pois é- esse também tem dias.Aqueles em que mal de sócrates e os outros em que também.
Henrique monteiro:-
"Por mim, contei o que sei." -Não senhor; limitou-se a contar do que viu através do tal buraco . http://bit.ly/9137bn

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime