Acumulação de pensões

Há tempos, aqui no «Ponte Europa», regozijei-me com a decisão de Sócrates que pôs termo à acumulação integral de várias remunerações, limitando uma delas a um terço.

Disse mais: que não condenava quem as recebia mas quem permitiu, condenando a lei que as consentiu.

Respondeu-me um leitor que uma pessoa honrada não recorre ao que a lei permite mas ao que a sua consciência lhe dita. Retorqui-lhe que não era esse o meu entendimento, pois não é com actos individuais que se põe termo às injustiças.

Mantenho o que então pensava.

Calculo apenas como se sentirá esse leitor, agora, ao saber que Cavaco Silva acumula três pensões: uma por ter sido funcionário do Banco de Portugal, outra como professor catedrático, através da CGA, e uma terceira por ter sido primeiro-ministro, num total de 9356 euros mensais.

Este facto não belisca a honestidade do candidato à presidência da República, apenas destrói a alegada generosidade com que defende os interesses nacionais, agravada pelo facto de ter pedido a reforma da Universidade Nova de Lisboa, não para se dedicar a ao bem público, mas para receber por inteiro o salário de professor numa universidade privada.

À luz destes elementos, compreende-se melhor a traição a Fernando Nogueira, o desinteresse por Durão Barroso e a animosidade a Santana Lopes, bem como o desprezo pelo PSD.

Este facto não o torna indigno da mais alta magistratura na Nação, apenas revela o seu carácter e a forma eficiente como acautela os seus interesses pessoais.

Comentários

el s (pc) disse…
Inveja é o que é.
Já agora vejam porque é que as reformas mostram que CS nao é politica profissional.
http://blogdelsniper.blogspot.com
el s (pc) disse…
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse…
Óh CE o caro senhor tenta fazer factos, mas quem vê só dum lado é como quem vê só pelo cú!
Mano 69 disse…
O Anónimo das 7:25 P na sua linguagem nua e crua sintetiza a visão unidireccional de Carlos Esperança.
Será que os fins justificam os meios?
Anónimo disse…
Cavaco acumula as reformas a que tem direito, porque trabalhou!
Soares alugou à Nação parte da Fundação paga com o dinheiro de todos nós (não é, João?), porque não tem outros rendimentos?
Será?
Anónimo disse…
É curioso que ninguém consegue defender o altruísmo do Professor que se reformou novo, acumulou 3 (três) pensões e foi tratar da vida para uma universidade privada.

Houve quem fosse dar aulas gratuitas para bairros degradados.
Mano 69 disse…
Este Carlos Esperança das 3:52 PM é uma fraude!
Anónimo disse…
Mano 69:

O comentário é meu. Acontece que publicar textos fora do meu computador me cria problemas.

Mas o que importa são as afirmações sobre Cavaco Silva que nenhum dos admiradores comenta, limitando-se a insultos a quem os escreveu.
Anónimo disse…
Cavaco faz o que pode pela vida. Quase dois mil contos em pensões pagos pelo Estado? Que é isso?
Isso são amendoins para quem se move nas esferas da alta finança, de que ele tanto gosta.
Quem nos dera "mamar" também umas pensões assim! Parabéns dr. Cavaco, tiro-lhe o meu chapéu!...

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?