Há alguém que pense em custos?

«O procurador-geral da República defendeu a criação de Departamentos de Investigação e Acção Penal (DIAP) em todas as comarcas do país, como forma de melhorar a comunicação entre Ministério Público (MP) e polícias» - diz a Sic Online.


E alguém pensa em racionalidade ou custo/benefício?

Comentários

Anónimo disse…
O País começa a fartar-se das permanentes "soluções" para o inqietante problema da justiça.
Principalmente quando elas são sugeridas por personalidades "falhadas".
Sabemos, pelo mmenos, duas coisas:
- NÃO queremos um estado judicialista;
- NÃO queremos uma Justiça governamentalizada;

Ninguém, dos numerosos e doutos homens públicos que nós todos pagamos, consegue encontrar o equilibrio e a eficiência ?

Mensagens populares deste blogue

Goldman Sachs, política e terrorismo financeiro

Miranda do Corvo, 11 de setembro

Maria Luís e a falta de vergonha desta direita